Bebidas energéticas: Apesar das vantagens, devem ser consumidas com moderação

Bebidas energéticas: Apesar das vantagens, devem ser consumidas com moderação

Bebidas energéticas: Apesar das vantagens, devem ser consumidas com moderação

Romário Nicácio setembro 4, 2015 Curiosidades

Em muitos artigos publicados por universidades internacionais, forma apontadas diversas vantagens no consumo de bebidas energéticas, mas é preciso ficar atento e consumi-las com cautela. Veja alguns dos componentes presentes neste tipo de bebida:

Taurina: é um aminoácido que participa de funções fisiológicas importantes, como a excreção rápida de produtos tóxicos no organismo. Não se conhece bem os efeitos de seu consumo sobre nossa saúde em longo prazo.

– Glucoronolactona: é um carboidrato que possui função desintoxicante e auxilia na metabolização de substâncias.

– Cafeína: acelera a cognição, diminuindo a fadiga e aumentando o estado de vigília.

– Inositol: esse isômero da glicose previne o acúmulo de gordura no fígado e melhora a comunicação cerebral, a memória e a inteligência.

– Vitaminas: as principais encontradas nos energéticos são a niacina, B6, B12, riboflavina e ácido pantotênico. Sua presença está relacionada à reposição das doses recomendadas.

Com esses ingredientes, muitas vezes são geradas bebidas agradáveis ao paladar e que propiciam agitação para aquela noite de estudos ou até mesmo muita disposição para curtir uma festa, mas nem tudo são flores. Muitas pessoas deixam de consumir bebidas alcólicas e exageram nos energéticos, com a falsa sensação de estar fazendo uma troca saudável, mas não é bem assim. Essas bebidas mascaram a fadiga da pessoa e aumentam significamente os batimentos cardíacos, podendo causar um ataque cardíaco. Além disso, pela alta dose de cafeína, essa bebida pode causar epipelpcia e até mesmo a morte.

Portanto, moderação!

Outros artigos