Mundo

Bebê nasce com o coração fora de seu corpo

Um bebê britânico nascido com o coração fora de seu corpo conseguiu sobreviver após passar por três cirurgias realizadas em um hospital em Leicester (Reino Unido), informa o jornal The Independent.

Vanellope Hope Wilkins nasceu em 22 de novembro após uma cesariana. A menina tem uma doença rara chamada ectopia cordis, que faz com que a maioria dos bebês com este transtorno nasça sem vida.

A doença foi detectada no ultra-som na nona semana de gestação e os médicos ofereceram à mãe a possibilidade de interromper sua gravidez. No entanto, os pais da menina rejeitaram a proposta.

Cerca de 50 médicos participaram da cirurgia, detalha o jornal britânico. O bebê foi submetido a três operações no total. Primeiro, os médicos colocaram o coração dentro do corpo e, após sete dias, dilataram o peito para criar mais espaço para este órgão. O terceiro estágio foi remover a pele de debaixo dos braços para enxertar na caixa torácica e proteger seu coração em uma área onde não tem costelas.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias em seu e-mail. O artigo continua após o formulário!

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

O bebê sobreviveu às intervenções, mas permanece em risco e sua condição dependerá do processo de recuperação e do tratamento que ela recebe. Os médicos dizem que é a primeira operação desse tipo a ser bem sucedida no Reino Unido. Estatisticamente, apenas 10% dos bebês nascidos com esta doença sobrevivem, afetando 8 de cada milhão de crianças.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.