Agenda Cultural

Cinemark realiza promoção com ingressos de até R$ 4 durante carnaval

Para os foliões que quiserem curtir o carnaval com muita pipoca e cinema, a Cinemark tem uma ótima opção. Entre os dias 6 e 9 de fevereiro (de sábado a terça-feira), os ingressos para as sessões iniciadas até 17h estarão com o preço reduzido para R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia). A promoção “Samba no pé, ingresso na mão” acontece nas cidades de Natal (Midway Mall), Salvador (Salvador Shopping), Recife (RioMar), Florianópolis (Floripa Shopping) e Rio de Janeiro (Downtown).

Nas sessões do restante do dia, valem os preços normais de bilheteria. Salas 3D, XD, Prime e D-Box não fazem parte da promoção. Para informações sobre a Rede e detalhes da programação, acesse: www.cinemark.com.br.

Samba no pé, ingresso na mão

Read More...

Esporte

Em jogo morno, ABC vence o Palmeira de Goianinha

Após tanta expectativa para alvinegros e alviverdes, finalmente ABC e Palmeira deram o pontapé inicial no Campeonato Potiguar 2016.

Durante 90 minutos, tivemos a oportunidade de assistir a um jogo morno, onde o placar de 2×1 acabou ficando de bom tamanho pelo futebol apresentado pelas equipes.

O JOGO

Chances praticamente não houveram durante a partida. O primeiro tempo se resumiu em dois lances: a primeira foi que o atacante do ABC aproveitou a bobeira do zagueiro do Palmeira – que derrubou Bruno Furlan dentro da área. O árbitro marcou pênalti para o ABC e o jogador Nando marcou o primeiro gol do Estadual.

Já na etapa final o Palmeira chegou ao gol de empate com Romário. Após o gol sofrido, o ABC aos poucos foi tentando furar o bloqueio do time de Goianinha. E aos 28 minutos da segunda etapa, após bola na área, Zaqueu desviou e mudou o placar no Frasqueirão em favor do ABC.

FICHA TÉCNICA

ABC x PALMEIRA

LOCAL: Estádio Maria Lamas Farache

ABC: Vaná; Filipe Souza, Jerfeson Lima, Gustavo Bastos e Hugo; Márcio Passos, Bida, Bruno Furlan e Chiclete; Amoroso e Nando. TÉC: Narciso.

PALMEIRA: Yuri, Augusto, Rafael, Lucas Carioca e Guilherme; Oliveira, Moisés, Thiago Bispo e João Lucas. Santa Cruz  e Romário. TÉC: Marcos Ferrari.

GOLS: Nando e Zaqueu (ABC); Romário (PALMEIRA)

PÚBLICO PAGANTE: 950

SÓCIO TORCEDOR: 735

PÚBLICO NÃO-PAGANTE: 247

PÚBLICO TOTAL: 1932

RENDA: R$ 23.190,00

Read More...

Economia

Crise reduziu consumo de nove entre dez brasileiros, mostra pesquisa

Pesquisa divulgada esta semana pelo Instituto Data Popular mostra que nove entre dez brasileiros diminuíram o consumo no ano passado, devido à crise econômica. As entrevistas foram feitas entre os dias 4 e 12 de janeiro com 3,5 mil consumidores maiores de 16 anos em 153 municípios de todos os estados.

Segundo os dados, dos 99% dos consultados que acreditam que o país está em crise, 81% têm certeza de que vivenciam um período de recessão. Para 55%, esta é a pior crise que já enfrentaram. De acordo com o presidente do instituto, Renato Meirelles, isso acontece por dois fatores.

O primeiro deles é que existe hoje um contingente enorme de consumidores que não participavam do mercado na época em que o Brasil conviveu com hiperinflação. “Não eram adultos na época da hiperinflação. É, de fato, um conjunto de consumidores jovens que tendem a achar que esta é a maior crise”, disse Meirelles, para quem a crise atual não é a maior que o país atravessa. “A gente já teve crises com taxas de desemprego maiores, com o país com menos reserva internacional do que tem hoje, com mais inflação.”

Outro fator, segundo Meirelles, é que nas crises anteriores, de 2002 de 2008, em geral, as pessoas tinham a sensação de que estava difícil comprar um bem ou produto ou melhorar de vida. Segundo ele, hoje a sensação de “voltar para trás” e isso aumenta a percepção de que esta é a maior crise. Como a situação atual veio depois de um processo de crescimento forte, da democratização do consumo, de os brasileiros passarem a ter acesso a produtos e serviços que antes não consumiam, a sensação de perda se torna mais forte, disse Renato Meirelles.

Retomada

O presidente do Data Popular observou, entretanto, que boa parte das pessoas que não conseguiram realizar seus projetos no ano passado, em função da crise, se mostra disposta a efetivar seus planos em 2016. Do percentual de 63% que planejaram comprar um imóvel em 2015, mas encerraram o ano sem cumprir a meta, 35% acreditam que conseguirão realizar o sonho este ano. O percentual sobe para 69% se for considerado o universo de pessoas que planejaram comprar um eletrodoméstico em 2015 e não conseguiram (54% dos entrevistados).

“A pesquisa mostrou que o consumidor está se programando para realizar seus planos, seja buscando uma renda extra, fazendo escolha do que é prioritário ou não no seu gasto, seja buscando financiamento, para voltar a comprar aquilo que ele tinha pensado em ter no ano passado e não comprou”. Significa que a crise funciona como uma alavanca para que as pessoas retomem o que haviam programado. “É um consumidor que entra nesta crise mais preparado do que em crises anteriores”, ressaltou Meirelles.

Outro aspecto evidenciado por esse cenário é que a estratégia das empresas que querem conquistar esse consumidor tem que mudar, segundo Renato Meirelles. “Em um cenário de crise, as empresas têm que ganhar dos seus concorrentes”, disse, ao destacar que as empresas que souberem fidelizar o consumidor e se mostrar de alguns forma como parceira terão mais chances de crescer do que outras. “Esse é o momento de as empresas consolidarem seus clientes fiéis e avançarem sobre a concorrência, que é a consequência disso no mercado”.

Agência Brasil

Read More...

Educação

Inscrições para o Fies começam no dia 26 de janeiro

As inscrições para o processo seletivo do Fies relativo ao primeiro semestre de 2016 começam na próxima terça-feira (26) e seguem até o dia 29. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet. O Fies financia cursos superiores não gratuitos com avaliação positiva. O Ministério da Educação ainda não divulgou o número de financiamentos disponíveis para esta edição. As regras da seleção estão em edital publicado na edição do Diário Oficial da União.

Pode se inscrever no processo seletivo do Fies o estudante que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, obtido pelo menos 450 pontos na média nas provas e não tenha tirado zero na redação. O candidato precisa ter também renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos.

O candidato poderá se inscrever em um único curso e turno entre aqueles com vagas ofertadas. Durante o período de inscrição, poderá alterar sua opção de vaga, bem como efetuar o cancelamento. Os estudantes serão classificados de acordo com as notas no Enem na edição em que tiver obtido a maior média.

Lista de espera

O processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016 terá chamada única e lista de espera. Os estudantes que não forem pré-selecionados na chamada única serão incluídos na lista de espera para o preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas. O resultado da pré-seleção na chamada única e a lista de espera serão divulgados no dia 1º de fevereiro.

No ano passado o Ministério da Educação anunciou mudanças nas regras do Fies para os contratos assinados a partir do segundo semestre de 2015, como a taxa de juros que passou a ser de 6,5% ao ano.

Em dezembro, portaria do Ministério da Educação definiu que, do total de vagas previstas para o primeiro semestre deste ano, 70% irão para os cursos considerados prioritários pela pasta, nas áreas de saúde, engenharia e de formação de professores.

Outra novidade é que as cidades com menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) terão prioridade na distribuição de vagas do Fies. Além do IDHM, será considerada a demanda por educação superior, calculada a partir de dados do Enem, a demanda por financiamento estudantil, verificada a partir de dados do Fies, e a disponibilidade orçamentária do programa.

Read More...

Tecnologia

Governo do RN lança aplicativo de combate ao mosquito Aedes aegypti

O Governo do Estado lançou o aplicativo para smartphones e tablets chamado “Aedes na mira do RN”, programa bastante intuitivo e de fácil navegação.

Através do Aedes na mira do RN você poderá denunciar focos do mosquito em todo o Estado do Rio Grande do Norte. O aplicativo ainda mostra quais cuidados deve-se ter para evitar o surgimento de focos e quais as precauções devem ser tomadas pelas gestantes para evitar a contaminação pelas doenças transmitidas pelo mosquito.

O aplicativo está disponível apenas para a plataforma Android. O download pode ser feito por meio do Google Play. Após o download, na tela principal do aplicativo, aparecerão as opções “denúncia”, “cuidados”, “gestantes” e “serviços”.

Aplicativo aedes na mira rn

Em “denúncia” aparecerá opção “capturar imagem”, que deve ser usada para denunciar um possível foco do mosquito ou áreas de possível infecção. Anexada a foto devem ser preenchidas informação sobre o local e dados pessoais (opcional). Todas as imagens são direcionada à Sala de Situação da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), analisadas, submetidas à triagem e mobilização para que seja adotada a solução mais adequada para cada caso que poderá ser acompanhado através de um retorno do próprio aplicativo sobre o andamento da demanda.

Read More...