Concurso Público

Prefeitura de Natal/RN retifica edital para concurso público com 912 vagas

A Prefeitura de Natal, no Rio Grande do Norte, informa a todos que os editais dos Concursos Públicos foram alterados. Em nosso site você pode obter mais informações sobre os certames, bem como sobre as referidas modificações, além de consultar os documentos oficiais.

Ao todo, os três editais do concurso público de provas e títulos visa o preenchimento de 912 vagas de provimento efetivo, distribuídas em três secretarias: Trabalho e Assistência Social (892), Educação (12) e Segurança Pública e Defesa Social (08). Os salários variam de R$ 1.043,80 a R$ 2.396,01.

DAS VAGAS

No edital da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (SEMTAS) ocorreu um aumento no número de vagas para psicólogo, enquanto o número de oportunidades para pedagogo diminuiu. Consulte AQUI, a retificação III

Existem vagas para o nível superior, com as oportunidades para advogado (10), administrador (5), arte educador (2), assistente social (246), contador (3), economista (1), educador social (26), estatístico (2), nutricionista (4), pedagogo (17), psicólogo (99), sociólogo (1) e terapeuta ocupacional (4). De nível médio a oferta será para cuidador (156), orientador social (50), assistente administrativo (262) e técnico de nutrição (4).

Vale ressaltar que existem 172 (cento e setenta e duas) vagas evidenciadas tanto para pessoas com deficiência quanto para pessoas que se declararem negros ou pardos, sendo reservadas nos termos da legislação sobre os temas. Caso não sejam completamente preenchidas pelos candidatos nestas condições, poderão ser preenchidas pelos candidatos à ampla concorrência. Consulte AQUI, o edital de abertura e as Retificações I e II.

Para a Secretaria Municipal de Educação – SME (Edital e Retificação I, AQUI), estão sendo ofertadas 12 vagas, sendo 6 para o cargo de Psicólogo e mais 6 para Assistente Social. Já para a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social – SEMDES, são 8 vagas (Edital e Retificação I, AQUI), sendo 4 para Psicólogos e 4 para Assistentes Sociais.

DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO

As taxas de inscrição neste Concurso Público serão de: R$ 69,77 (sessenta e nove reais e setenta e sete centavos) para os cargos de nível superior e R$ 47,77 (quarenta e sete reais e setenta e sete centavos) para os cargos de nível médio. As inscrições se realizarão somente via INTERNET: de 14h00 min do dia 18 de janeiro de 2016 até às 23h59 min do dia 4 de fevereiro de 2016, no site www.idecan.org.br.

Conheça AQUI, algumas apostilas que podem lhe auxiliar nos estudos para o concurso

DO CONCURSO

O processo de seleção deste Concurso Público consistirá de provas objetivas de múltipla escolha e discursivas para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, e de avaliação de títulos somente para os cargos de nível superior, de caráter apenas classificatório.

DAS PROVAS OBJETIVAS

Serão aplicadas provas objetivas de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, abrangendo os conteúdos programáticos constantes com a seguinte distribuição de itens entre as seguintes disciplinas:
Língua Portuguesa;
Legislação;
Conhecimentos Gerais;
Conhecimentos Específicos.

DA PROVA DISCURSIVA

Aspectos Formais e Aspectos Textuais;
Aspectos Técnicos.

DATA DAS PROVAS

As provas objetivas de múltipla escolha e discursivas serão realizadas na cidade do Natal/RN, com datas inicialmente previstas para os dias 28 de fevereiro de 2016 e 6 de março de 2016 (ambos domingos), com duração de 4 (quatro) horas para sua realização, em dois turnos.

Read More...

Esporte

Com dois gols de Vavá, Globo derrota o ABC no Barretão

A segunda rodada do Campeonato Potiguar teve um jogo antecipado da quarta-feira, 27, para essa terça-feira (26). No Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, o Globo que havia conquistado um empate em Mossoró contra o Potiguar, conseguiu sua primeira vitória, impondo o placar de 3 a 1 ao alvinegro.

Encontrando facilidade inesperada na partida, o time da Águia teve inclusive a oportunidade de golear, pelas inúmeras oportunidades de gol criadas. Logo aos 10 minutos Vavá marca o primeiro gol. Aos 40 minutos, ainda da etapa inicial, Renatinho Potiguar se livra do seu marcador e, com categoria, coloca no ângulo ampliando para 2 a 0.

No segundo tempo, com mudanças promovidas pelo treinador Narciso, o ABC melhorou um pouco e chegou ao gol com Alvinho aos 13 minutos. Porém, a reação demorou pouco. O Globo voltou a tomar conta da situação, usando da velocidade para sair ao ataque e Vavá amplia para 3 a 0. A partir daí o Globo se retraiu um pouco, mas poderia ter ampliado se continuasse pressionando. Com quatro pontos, o Globo assume a liderança da Taça Cidade do Natal (1º turno do estadual). Lembrando que o América joga nesta quarta-feira (27) e, vencendo, reassume a primeira posição.

Confira os gols da partida:

Read More...

Economia

Aneel reduz valor extra na conta de luz a partir de fevereiro

Em reunião ordinária realizada nessa terça (26), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou a redução nas bandeiras tarifárias amarela e vermelha, que aumentam a conta de luz do consumidor quando fica mais caro produzir energia no país.

A partir de fevereiro, o valor da bandeira amarela vai cair de R$ 2,50 para R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, redução de 40%.

Já a bandeira vermelha terá um patamar intermediário, mais barato, de R$ 3,50 para cada 100 kWh. O patamar mais caro foi mantido em R$ 4,50 para cada 100 kWh.

As bandeiras tarifárias coloridas – verde, amarela e vermelha – foram criadas como uma maneira de informar ao consumidor os custos que são repassados para a conta de luz com o acionamento de usinas termelétricas, que geram uma energia mais cara e são ligadas quando as hidrelétricas produzem menos por causa do baixo nível de seus reservatórios.

A Aneel divulga no próximo dia 29 de janeiro qual será a bandeira tarifária que vai incidir sobre as contas de luz de fevereiro. A bandeira vermelha encontra-se vigente, onerando a conta do consumidor, pelo menos desde março de 2015.

A decisão desta terça-feira foi baseada em estudos da Superintendência de Gestão Tarifária da Aneel.

Read More...

Educação

Tire suas dúvidas sobre o Fies 2016

Se você participou do Enem mas não conseguiu uma vaga em uma universidade pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), uma opção é se inscrever no programa que financia cursos superiores em instituições particulares, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições para a edição do primeiro semestre do programa serão realizadas no período de 26 a 29 de janeiro, e o resultado da pré-seleção será divulgado em 1º de fevereiro. Para quem já tem o Fies, todos os candidatos terão o aditamento, que começa em 8 de fevereiro, garantido.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), 1.137 instituições estão participando desta edição do Fies, totalizando 250.279 vagas distribuídas em 25.323 cursos. Dessas vagas, 47.115 são para cursos de formação de professores, 76.092 para cursos de saúde e 34.557 para engenharias, alcançando um total de 250.279 vagas (63% das vagas) em áreas consideradas como essenciais para o desenvolvimento do país pela pasta.

Além das áreas prioritárias, o Fies valorizou os cursos com melhores índices de qualidade (com conceitos 4 e 5). Para o ministro da Educação, Aloisio Mercadante, a medida possibilita que os alunos tenham mais acesso aos melhores cursos das universidades privadas. “As instituições tiveram que aumentar fortemente a oferta de vagas dos melhores cursos, nota cinco e nota quatro. Acho que nós fizemos uma mudança pra melhor, ajustamos a política pública”.

O MEC também anunciou que 47% das vagas serão ofertadas nas regiões Norte (10%), Nordeste (29%) e Centro-Oeste (8%). A região Sul terá 12% das vagas e a Sudeste, 41%. O ministro Mercadante reconheceu que, apesar dos esforços para ampliar a oferta do Fies nos estados mais carentes, os números denotam a grande concentração de universidades particulares na região Sudeste.

O processo seletivo para o programa de financiamento estudantil costuma suscitar muitas dúvidas dos candidatos. Confira abaixo as respostas para as dez dúvidas mais frequentes sobre o Fies.

1.  Fies e crédito educativo são a mesma coisa?

Criado em 2001, o Fies sucedeu o programa de crédito educativo do governo federal que existia desde 1975. Pelo antigo sistema, era possível financiar até 100% do valor do curso e pagar após um ano da conclusão. Hoje, pelo Fies, o financiamento é de até 70% e o estudante tem 18 meses de carência para começar a pagar o financiamento após finalizar o curso. Contudo, deve pagar a cada três meses um valor de até R$ 150, conforme o percentual financiado, relativo aos juros incidentes sobre o financiamento, atualmente de 6,5%.

2. Quem pode se inscrever no Fies?

No processo seletivo do Fies podem se inscrever os estudantes que não tenham concluído nenhum curso superior anteriormente; e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 com desempenho de pelo menos 450 pontos na média nas provas e nota acima de zero na redação. Os candidatos precisam ter também renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos (R$ 2.200). Alunos que foram contemplados no Programa Universidade para Todos (ProUni) com bolsa parcial (50%) também podem concorrer à linha de financiamento estudantil para pagar o valor restante da bolsa, se atenderem aos requisitos acima.

3. Existe algum critério para calcular o valor financiado pelo Fies?

Sim. O valor máximo de financiamento oferecido pelo programa é de até 70%. Para o cálculo do valor concedido a cada aluno, é levado em consideração o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. No site do Fies é possível simular os valores.

4. Estudantes que tenham concluído o Ensino Médio antes de 2010 e professores da rede pública podem se inscrever no Fies sem ter feito o Enem?

Não. Essas opções foram válidas para o processo seletivo do Fies em 2015. Neste ano, porém, ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 é pré-requisito para todos os candidatos ao financiamento estudantil.

5. Posso me inscrever para mais de um curso no Fies?

Não. O candidato poderá se inscrever apenas em um único curso e turno entre aqueles com vagas ofertadas. Durante o período de inscrição, será possível alterar a opção de vaga, bem como efetuar o cancelamento, mas não se inscrever para mais de um curso.

6. Além do Sisu e do ProUni, o Fies também possui nota de corte? Para que ela serve?

Sim. A nota de corte é a nota mínima que mantém o candidato entre os selecionados em um curso, com base no número de vagas e no total de inscritos. A classificação é feita com base nas notas obtidas pelos estudantes no Enem. Ela serve como referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição. Não é garantia de seleção para a vaga ofertada. Assim, ela ajuda a avaliar em qual curso ou instituição de ensino há mais chances de ser selecionado para matrícula e efetivação do contrato do financiamento estudantil. A partir do segundo dia de inscrição, será divulgada diariamente a nota de corte de cada curso pelo site Fies Seleção.

7. Quantas chamadas de seleção tem o Fies? Haverá lista de espera?

O processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016 terá chamada única e lista de espera. Os estudantes que não forem pré-selecionados na chamada única serão incluídos na lista de espera para o preenchimento das vagas que não forem ocupadas. O resultado da pré-seleção na chamada única, bem como a lista de espera, serão divulgados no dia 1º de fevereiro.

8. O que fazer se for pré-selecionado na chamada única do Fies?

Os estudantes pré-selecionados na chamada única do Fies devem concluir a inscrição para contratação do financiamento no sistema SisFies, no prazo de 2 a 6 de fevereiro (às 23h59).

9. E se ficar na lista de espera do Fies, como devo proceder?

O candidato que ficar na lista de espera deve acessar a página do Fies Seleção entre 7 e 18 de março e declarar se é ou não estudante regularmente matriculado no curso, turno e instituição de ensino para o qual se inscreveu no site do programa. Aqueles que não realizarem tal declaração serão excluídos do processo seletivo. Os estudantes terão que acompanhar o status de sua situação na lista de espera do programa. Quando forem pré-selecionados, devem acessar o sistema SisFies para concluir sua contratação do financiamento no prazo de cinco dias corridos, a contar da divulgação de sua pré-seleção no Fies Seleção.

A partir de 1º de abril de 2016, somente serão pré-selecionados em lista de espera os candidatos que tenham declarado estar regularmente matriculados no curso para o qual se pleiteia o financiamento.

10. Como faço a contratação do financiamento após ter concluído minha inscrição no Fies?

Depois de terem concluído a inscrição no SisFies, os estudantes pré-selecionados na chamada única ou na lista de espera devem apresentar os documentos que validem os dados informados ao sistema à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino escolhida em até 10 dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição, e comparecer a um agente financeiro do Fies (agência da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil informada na inscrição) em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil seguinte à data da validação das informações pela CPSA.

* Com informações do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Portal Brasil

Read More...

RN

Confirmado primeiro óbito causado pelo zika vírus no RN

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) registrou o primeiro óbito causado pelo Zika vírus no estado. A informação foi confirmada pela Sesap nesta terça-feira (26), mas detalhes sobre a morte só serão divulgados em entrevista coletiva marcada para esta quarta-feira (27).

No dia 12 de janeiro, a Sesap confirmou associação entre o Zika vírus com a microcefalia em quatro casos no Rio Grande do Norte. Os quatro casos são relativos a dois abortos e dois recém-nascidos falecidos com poucas horas de vida. Todos os casos foram positivos para Zika vírus usando PCR, e as amostras do cérebro dos dois recém-nascidos submetidas à análise imunohistoquímica foram positivas. Ambos apresentavam microcefalia e outras malformações.

Ainda de acordo com a Sesap, o Rio Grande do Norte notificou, até o dia 13 de janeiro, 181 casos de microcefalia, suspeitos de estarem relacionados ao Zika vírus.

Read More...