Mundo

Queda de avião militar no Irã deixa pelo menos 15 mortos

Aeronave transportava carne de Bishkek, capital do Quirguistão

(ANSA) – Pelo menos 15 pessoas morreram nesta segunda-feira (14) após a queda de um avião de carga próximo ao Teerã, informou a televisão estatal do Irã. O Boeing 707 transportava 16 pessoas quando caiu em uma zona habitacional, a oeste da capital, ao redor do aeroporto de Fath.
    Um engenheiro sobreviveu e foi levado ao hospital local. O avião tinha como destino o aeroporto internacional Payam, a cerca de 40 km de Teerã. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas, mas acredita-se que o mau tempo pode ter sido responsável pela tragédia.
    De acordo com a agência Tasnim, a aeronave transportava carne de Bishkek, capital do Quirguistão, e se acidentou depois de uma falha em seu sistema de pouso de emergência. “O avião era um Boeing 707 de carga que ultrapassou a pista durante o pouso”, disse o porta-voz da organização de aviação iraniana, Reza Jafarzadeh, à IRIB.

Read More...

Mundo

França confirma 2 mortos e mais de 40 feridos em explosão

Vítimas são dois bombeiros; há uma italiana entre os feridos

(ANSA) – As autoridades francesas confirmaram que dois bombeiros morreram na explosão ocorrida hoje (12) , em Paris. Há mais de 40 feridos, sendo 10 em emergência absoluta, incluindo um bombeiro, e 37 pessoas em situação grave.

As informações foram divulgadas via Twitter pelo ministro do Interior, Christophe Castaner. Uma das feridas é uma jovem italiana, identificada como Angela Grignano e originária de Trapani. Ela trabalha em um hotel ao lado de onde a explosão ocorreu.

Read More...

Política

Bolsonaro confirma demissão de presidente da Apex

Alex Carreiro havia se recusado a deixar o cargo

(ANSA) – O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (10) a saída do mandatário da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Alex Carreiro, que havia sido demitido pelo chanceler Ernesto Araújo, mas se recusara a deixar o cargo.

Bolsonaro publicou uma foto no Twitter ao lado do ministro das Relações Exteriores e de seu novo indicado para presidir a Apex, Mário Vilalva. “Recebi hoje o embaixador Mário Vilalva, indicado pelo chanceler Ernesto Araújo para o cargo de presidente da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos. Boa noite a todos!”, escreveu o presidente da República.

Diplomata de carreira, Vilalva é especialista em comércio exterior e foi embaixador em Santiago, no Chile, por quatro anos. Primeira baixa do governo, Carreiro é publicitário e era alvo de críticas por uma suposta falta de preparo, especialmente por não ser fluente em inglês, requisito obrigatório para presidir a Apex.

Sua saída havia sido anunciada por Araújo no Twitter, mas ele disse que só deixaria a função quando fosse comunicado pelo próprio presidente da República. A agência é responsável pela promoção de empresas e produtos brasileiros no exterior.

Read More...

Mundo

China e EUA definem ‘bases’ para acordo comercial

Rodada de negociações ocorreu entre 7 e 9 de janeiro

(ANSA) – A China diz ter definido com os Estados Unidos as “bases” para resolver a disputa comercial entre os dois países, durante as negociações realizadas entre os dias 7 e 9 de janeiro, em Pequim.
    Por meio de uma nota, o Ministério do Comércio do país asiático falou em “diálogos amplos, profundos e detalhados” e disse que foram feitos “avanços em temas estruturais”, como “transferência de tecnologia e proteção da propriedade intelectual”.
    “Foram definidas as bases comuns para enfrentar as questões de mútua preocupação”, afirmou o porta-voz da pasta, Gao Feng. Em 1º de dezembro passado, os presidentes Donald Trump e Xi Jinping assinaram uma trégua de 90 dias na guerra comercial entre os dois países.
    Se não houver acordo nesse período, ambos os governos podem estabelecer sobretaxas alfandegárias de 25%. Ao longo do ano passado, Trump já havia sobretaxado em 10% cerca de US$ 250 bilhões em produtos chineses, enquanto Pequim reagiu com a mesma tarifa, mas sobre US$ 110 bilhões em itens americanos.
    Essas taxações foram mantidas, apesar da trégua. O país asiático possui um superávit comercial com os EUA avaliado em US$ 375 bilhões.

Read More...

Mundo

Maduro toma posse hoje para 2º mandato cada vez mais isolado

Presidente não é mais reconhecido por 13 países da região

(ANSA) – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, toma posse para seu segundo mandato nesta quinta-feira (10), apesar de não ser reconhecido pelo Parlamento nem pela maior parte dos países da região.

O herdeiro político de Hugo Chávez (1999-2013) já advertiu que, “chova ou trovoe”, fará cumprir a “vontade do soberano” que o reelegeu em maio de 2018 com 67,8% dos votos, em pleito boicotado pela oposição.

Seu juramento acontecerá às 10h (12h em Brasília), no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), fiel ao chavismo. A Constituição manda que a posse ocorra na Assembleia Nacional, o Parlamento sem poderes dominado pela oposição, mas o órgão não reconhece a legitimidade do segundo mandato.

Segundo o TSJ, a Assembleia está em “desacato” desde 2016 e, neste caso, a Carta Magna manda que a posse aconteça perante a corte. 13 dos 14 membros do Grupo de Lima (a exceção é o México) também não reconhecem a continuação de Maduro no poder e já o tratam como ditador.

Militares das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (Fanb) estão a postos em várias zonas de Caracas e bloquearam o acesso ao centro da capital. Além disso, milícias pró-governo se posicionaram em bairros populares da cidade, dentro de instalações chamadas de “tribunas anti-imperialistas”.

Apenas quatro chefes de Estado latino-americanos assistirão à posse de Maduro: Evo Morales (Bolívia), Miguel Díaz-Canel (Cuba), Daniel Ortega (Nicarágua) e Salvador Sánchez Cerén (El Salvador). A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, também estará presente.

Cada vez mais isolado, o governo Maduro aposta no apoio de potências estrangeiras anti-EUA, como Rússia, China e Turquia, para se segurar no poder. Segundo o SBT, o Brasil estuda sediar um governo paralelo chefiado pela oposição.

Read More...