Atlético Nacional pede que título da Sul-Americana seja dado à Chapecoense

Atlético Nacional pede que título da Sul-Americana seja dado à Chapecoense

novembro 29, 2016 0 Por Romário Nicácio

Em um comunicado liberado no início da tarde desta terça-feira (29), o Atlético Nacional pediu oficialmente que o título da Copa Sul-Americana seja dado à Chapecoense. As duas equipes disputariam em Medellín, na Colômbia, a primeira partida da decisão do torneio da Conmebol, mas o avião com a delegação do clube catarinense acabou caindo.

“Além de estarmos muito preocupados pela parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar esse comunicado no qual o Atlético Nacional convida a Conmebol a entregar o título da Copa Sul-Americana à Associação Chapecoense de Futebol por sua grande perda e em homenagem póstuma às vítimas fatais do acidente”, diz a nota.

Caso a Confederação Sul-Americana aceite o pedido, a Chape terá uma inédita vaga na Libertadores do ano que vem. “De nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana 2016”, completou o Atlético Nacional.

Ajuda

Clubes brasileiros iniciaram um movimento para emprestar jogadores gratuitamente à equipe catarinense em 2017. Os times também solicitaram à CBF que a Chape não fique sujeita a rebaixamento nos próximos três anos.

Rodadas adiadas

Após o acidente hoje (29) com o avião da delegação da Chapecoense, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou em sua página oficial o adiamento da final da Copa do Brasil, que seria disputada amanhã (30) entre Grêmio e Atlético-MG, para o dia 7 de dezembro.

O secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman, confirmou o adiamento da última rodada da Série A, que seria no próximo fim de semana.

Em entrevista ao “UOL Esporte”, o cartola disse que não há clima para realizar partidas no país. “Uma semana sem nada, e nada a pensar fora disso”, declarou. Segundo Feldman, a rodada final do Brasileiro será no dia 11 de dezembro.

Acidente

Um avião que levava o time da Chapecoense, de Santa Catarina, caiu na Colômbia na madrugada de hoje (29), informou o Aeroporto José María Córdova, de Rionegro. A equipe seguia para Medellin, onde iria disputar amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia.

A Aviação Civil da Colômbia não exclui a possibilidade de ter acabado o combustível do avião que levava o time da Chapecoense para a cidade de Medellín.