Destaques, Plantão Policial

Ataque criminoso: viaturas do Corpo de Bombeiros são incendiadas no RN

Duas ambulâncias do Corpo de Bombeiros são incendiadas no RN

Uma ambulância e um carro do Corpo de Bombeiros foram incendiadas na madrugada desta quinta-feira (7), por volta das 2h, na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, quatro homens foram até uma base da corporação que fica na BR-304 e metralharam o prédio. Em seguida, atearam fogo nos veículos.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SESED), dois adultos e dois adolescentes foram detidos em uma casa e levados como suspeitos para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil. No final da manhã, após serem ouvidos, os dois adultos receberam voz de prisão. Já os menores, foram liberados.

Viaturas do Corpo de Bombeiros são incendiadas

Outros ataques

Ainda na madrugada desta quinta (7), em Umarizal, cidade que também faz parte da região Oeste do estado, um carro foi incendiado e totalmente destruído dentro do pátio da prefeitura. Outros três veículos também foram atingidos e ficaram parcialmente danificados.

No último dia 2, as frotas de ônibus da capital – Natal – foram retiradas de circulação após um coletivo ter sido incendiado na zona oeste da cidade. Os veículos foram recolhidos por iniciativa das empresas, temendo novos ataques. De acordo com a Secretaria de Segurança, antes de atear fogo ao ônibus, os criminosos mandaram os passageiros descer, e não houve feridos.

No início do ano, cerca de 2 mil militares das Forças Armadas foram enviados para reforçar a segurança no Rio Grande do Norte, durante o período em que policiais entraram em greve pelo atraso no pagamento de salários e do décimo terceiro.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.