Música

Artistas latinos dominam os vídeos mais assistidos do YouTube em 2017

"Despacito", de Luis Fonsi, foi um dos mais tocados do ano (Foto: Reprodução)

Se você precisa de mais uma prova de que a música latina é o gênero boom no pop agora, veja a lista do YouTube dos 10 vídeos mais vistos de 2017. Os artistas latinos reivindicam seis pontos com o “Despacito” de Luis Fonsi e Daddy Yankee. Eles ficaram no topo no número um com uma história de 4,4 bilhões de visualizações.

Outras entradas de língua espanhola nos cinco primeiros incluem J Balvin e Willy William’s, “My People”, e “Felices Los 4” de Maluma. Ambos os vídeos acumularam mais de um bilhão de visualizações cada.

Quanto ao resto do “campo”, o “Shape Of You”, de Ed Sheeran, apareceu no número dois com 2,8 bilhões de visualizações. Bruno Mars reivindicou o ponto número cinco com “That’s What I Like”. Foi visto um pouco mais de um bilhão vezes.

Houve algumas surpresas. O hit “Ahora Dice”, de Chris Jeday, não fez tanto “auê” internacionalmente como “Despacito” ou “Mi Gente”. Porém ainda conseguiu se juntar ao clube bilionário, enquanto a “Swalla”, de Jason Derulo, é uma estranha música em inglês, dada sua desempenho do gráfico intermediário.

Veja o top 10 abaixo:

  1. Luis Fonsi — “Despacito” ft. Daddy Yankee
  2. Ed Sheeran — “Shape of You”
  3.  J Balvin, Willy William – “Mi Gente”
  4. Maluma – “Felices los 4”
  5. Bruno Mars – “That’s What I Like”
  6. Chris Jeday – “Ahora Dice” ft. J. Balvin, Ozuna, Arcángel
  7. Nicky Jam – “El Amante”
  8. Jason Derulo – “Swalla” ft. Nicki Minaj & Ty Dolla $ign)
  9. DJ Khaled – “I’m the One” ft. Justin Bieber, Quavo, Chance the Rapper, Lil Wayne
  10. Enrique Iglesias — “Subeme La Radio” ft. Descemer Bueno, Zion & Lennon

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.