RS

Anúncio de empresa à procura de garçonete “dá o que falar” em rede social

Na rede social a semana já começou pesada, pois uma empresa de Pelotas, no Rio Grande do Sul, postou um anúncio procurando uma garçonete, e isso foi motivo para gerar polêmica na internet. Os usuários do facebook acusaram a produtora de machismo pelo fato de estar mostrando uma modelo que estava com pouca roupa e em pose sensual. E ainda mais, a empresa exigia que as candidatas ao emprego enviassem um currículo com foto.

A produtora especializada em web estava à procura de uma garçonete para servir aos funcionários na festa de fim de ano. A imagem do anúncio era de uma modelo vestida de garçonete fazendo pose sensual ao servir uma caneca de cerveja. A produtora também exigia que as candidatas mandassem um currículo com foto. Para trabalhar, a contratada receberia o valor de R$ 200 e gorjetas, das 18h a 0h.

Alguns internautas ficaram indignados com o anúncio e promoveram um debate na página da empresa no Facebook. Mensagens informando que a produtora estava colocando as mulheres em posição de objeto sexual, pois estavam usando a aparência física das candidatas como critério de escolha. Outros usuários deram exemplos de que esse tipo de atitude reforça ainda mais o machismo que as mulheres enfrentam no dia a dia.

As pessoas em determinado momento, que tinham opiniões distintas sobre o machismo chegaram a ofender uns aos outros. Após a confusão o anúncio foi retirado do ar. Quando procurada, a produtora não retornou as mensagens da reportagem do R7.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.