Mundo

Anunciantes britânicos ameaçam ‘abandonar’ Facebook

Onavo facebook
Foto: Geralt / Pixabay

Um grupo de anunciantes britânicos está ameaçando abandonar o Facebook após o escândalo envolvendo o vazamento de dados de mais de 50 milhões de usuários usados pela empresa Cambridge Analytica para influenciar as eleições dos Estados Unidos, a qual elegeu o presidente Donald Trump.

A informação foi revelada nesta quinta-feira (22) depois de uma reunião da ISBA, órgão que representa as principais agências de publicidade do Reino Unido. “Não acho que eles estejam blefando. Eles vão exercer uma pressão real“, afirmou Davis Kershaw, diretor da M&C Saatchi.

Kershaw, chefe de uma das agências de publicidade mais reconhecidas do mundo, disse que acha “que os clientes chegaram a um nível, com razão, onde o suficiente é suficiente”. Além disso, ele ressaltou que os anunciantes que estão pressionando a companhia de Mark Zuckerberg ajudaria a promover mudanças no negócio.

De acordo com a rede “BBC”, mais de 3 mil marcas que compõe a ISBA estariam exigindo respostas ao Facebook sobre a violação dos dados. Na quarta-feira (21), Zuckerberg falou pela primeira vez sobre o caso e pediu desculpas pelo escândalo.

Em entrevista à rede norte-americana CNN, ele afirmou que está disposto a testemunhar no Congresso “se for a coisa certa a se fazer” e lamentou o caso. “O que buscaremos fazer é enviar a pessoa do Facebook que terá o maior conhecimento. Se sou eu, então fico satisfeito em ir”, disse.

Em um texto enorme publicado em sua conta na rede social, Zuckerberg também reconheceu que a empresa cometeu um erro ao permitir que os dados dos usuários fossem compartilhados e anunciou que a companhia vai aprimorar suas ferramentas de segurança e auditar os aplicativos parceiros.

Desde o fim de semana, o Facebook está investigando o vazamento de informações de mais de 50 milhões de usuários, que foram usados pela empresa de análise de dados britânica Cambridge Analytica, contratada pela campanha de Trump nas eleições de 2016, na qual o magnata saiu vitorioso.

Com informações da Agência ANSA*

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.