Alayde Passaia defende “Vale Educação” para famílias de baixa renda em Natal

Alayde Passaia defende “Vale Educação” para famílias de baixa renda em Natal

outubro 27, 2020 0 Por Romário Nicácio

Candidata a vereadora de Natal pelo partido Novo, Alayde Passaia promete discutir na Câmara a criação de um Vale Educação, que será oferecido às famílias de baixa renda interessadas que seus filhos tenham a liberdade de estudar em escolas particulares que aderirem ao projeto. Segundo a candidata, a mesma ideia poderia ser adaptada para a saúde.

Passaia defende o remanejamento do orçamento da educação municipal para custear o programa. “Ao invés de ir para o gasto ineficiente, vai para uma escola privada e de qualidade. Além de gerar mais empregos, mais escolas serão abertas”.

“Cada criança custa para os cofres da prefeitura quase R$ 900,00. É o valor médio de mensalidades em boas escolas de Natal. Não precisamos dizer [a] sobrenatural diferença de qualidade entre elas e as escolas da prefeitura, né? Haveria um remanejamento. Além do vale iremos regulamentar a participação das empresas privadas nos serviços públicos. Já imaginou grandes empresas adotando escolas e hospitais, UPAS, etc?”, afirmou ao ser questionada pelo Portal N10.

Foto: Divulgação / Portal N10

Além disso, Alayde também promete economizar cerca de R$ 1 milhão dos cofres públicos cortando todos os privilégios políticos como carro e gasolina, e, pelo menos, 50% de todos os gastos de gabinete. Segundo a candidata, esse dinheiro economizado seria direcionado para a educação de base, através de lei a ser aprovada na Câmara. Passaia, assim como o partido Novo, também é contra o uso do Fundo Eleitoral e Fundo Partidário, e toda verba de sua campanha é obtida através de doações.

A candidata diz que vai propor leis que permitam maior participação da iniciativa privada ajudando a gestão pública. Com isso, empresas poderiam adotar escolas, parques e doar equipamentos como bicicletários e academias, vinculando a imagem da empresa a esses aparelhos. Ela também promete lutar contra todas as tentativas de aumento, bem como de criação de novos impostos.

Alayde ainda pretende lançar um aplicativo por onde receberia ideias que possam se transformar em projetos que beneficiem a população.

Escolas Públicas devem continuar?

Para Alayde, o futuro das escolas públicas em Natal dependeria de como o processo acabaria se desenrolando. “Não podemos esquecer que existem funcionários e professores concursados. Em São Paulo, a vereadora Janaína Lima, também do Novo, aprovou o vale e está sendo implantado de maneira gradual. Só saberemos o futuro das escolas municipais de acordo com sua melhoria. Até pra uma questão de concorrência e comparação, a chegada do vale será ótima. Se num mesmo bairro, a escola privada cadastrada no projeto do Novo Vale Educação não for boa, ela vai falir e os alunos voltarão pra municipal e o inverso também acontecerá. Quem vai querer continuar na escola municipal se a particular, no mesmo bairro e paga pela prefeitura é melhor?. Nada é melhor pra melhoria da educação do que haver concorrência na área”, disse.

“A ideia é ser atrativo ao setor privado, para que as ofertas sejam de acordo com a demanda e as oportunidades”, completou.

Passaia ainda pretende acabar com as burocracias para tentar atrair investimentos para a cidade. “Quero ser vereadora para votar um Plano Diretor que privilegie aqueles que querem trazer empregos para a nossa cidade. Quero ajudar a destravar Natal, que hoje perde investimentos e destrói empregos por conta de uma burocracia inútil! Essa será a votação mais importante pros rumos de nossa cidade. Será um momento histórico que decidirá o futuro da cidade de nossos filhos. E eu quero fazer parte disso. Me preparei pra isso nos últimos anos. Quero ser exemplo e orgulho pros meus filhos onde quer que eu esteja. Política é lugar de gente boa e competente“.