bancodobrasil
Foto: Divulgação

Os bancários do RN vão com tudo para barrar a Reforma da Previdência do Governo Temer. Nesta quarta-feira, 15 de março, as agências do centro de Natal (BB, Caixa, Itaú e Bradesco) e o BB Alecrim só iniciarão o atendimento ao meio-dia. A decisão foi tomada em assembleia na terça-feira, 14 de março.

A manifestação dos bancários do RN faz parte do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência que une várias categorias de trabalhadores em defesa da Previdência Pública.

À tarde a categoria se une ao Ato Unificado que tem concentração prevista para às 14h na Praça Gentil Ferreira, no Alecrim.

Os bancários entendem que estão diante de um ataque sem precedentes à classe trabalhadora e que visa o fim da Previdência Pública. O intuito das manifestações é chamar a atenção da sociedade trazer para a luta a massa da classe trabalhadora.

A desculpa do Governo para fazer a Reforma é um “déficit” que não existe. O que eles querem na verdade é desonerar o Governo, transferindo os recursos, que seriam de sua responsabilidade, para pagamento da Dívida Pública. É preciso exigir uma auditoria.

A retirada de direitos é descabida, pois só servirá para fortalecer ainda mais banqueiros e grandes empresas de previdência privada.

Ainda será pior para mulheres que, apesar de enfrentarem duplas e triplas jornadas, terão a idade mínima igualada aos homens: 65 anos.

Mas o ataque é para todos. Para conseguir o benefício integral será preciso, além de 65 anos mínimos, uma contribuição de 49 anos. Na prática, só se aposenta integralmente quem começou a trabalhar aos 16 anos e contribuir ininterruptamente.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.