Advogado causa polêmica ao propor projeto de lei que torna legal “assassinar homossexuais”

Um advogado cristão da Califórnia, EUA, propôs um projeto de lei que tornaria legal matar homossexuais. A lei que está dando o que falar é conhecida como “Sodomite Suppression Act” (Lei de Supressão sodomita) e é de autoria de Matthew McLaughlin. As informações são do Metro.

O projeto de lei diz que “qualquer pessoa que, voluntariamente, toque outra pessoa do mesmo sexo para fins de gratificação íntima, deve ser condenado à morte por balas na cabeça ou por qualquer outro método conveniente”. McLaughlin afirma que a pena de morte seria realizada por executores estaduais ou membros do público.

O autor da Lei ainda justifica a proposta dizendo que “é melhor que os infratores devam morrer em vez de todos nós” para evitar “justa ira de Deus contra nós”.

A Lei de Supressão sodomita também tornaria uma ofensa a campanha pelos direitos dos homossexuais, com penas de até 10 anos de prisão e uma multa de US $ 1 milhão.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!