Treino aeróbico atrapalha a hipertrofia
Foto: ShutterStock

Devido à pandemia provocada pelo Coronavírus, órgãos oficiais de saúde recomendam à população que entrem em regime de quarentena e evitem aglomeração de pessoas nas ruas e ambientes fechados, entre eles, as academias, serviços declarados pelo Poder Executivo como não essenciais. Para não perder o condicionamento físico e evitar o tédio durante esse período de isolamento, uma das alternativas é a prática de atividade física dentro de casa.

As redes sociais estão cheias de conteúdos interessantes para se exercitar. Pular corda, flexão de braço, agachamento, burpees, prancha, caminhada ou corrida estão entre as atividades que podem ser praticadas em casa. No entanto, mesmo em casa, é preciso orientação profissional para manter a rotina de exercícios sem equívocos. Para auxiliar os alunos que estão de quarentena, a Bodytech liberou seu app de exercícios, o BTFIT.

De acordo com o fisiologista do exercício e educador físico da academia Bodytech, Flávio Areal de Lemos, a atividade física e a boa alimentação são o método mais barato para se obter a saúde e manter esses hábitos mesmo em um momento de crise é benéfico em diversos aspectos. “Os treinamentos guiados são a sensação do mundo moderno e nas redes sociais existem diversos conteúdos do tipo, pois nada melhor que no período de isolamento, treinar com professores a distância. Isso humaniza a orientação ao treinamento e promove benefícios físicos e psicossociais”, explica.

Segundo o profissional, são recomendados de 150 a 300 minutos por semana de atividade física aeróbia moderada, ou seja, pular corda, caminhar vigorosamente, correr ou andar de bicicleta e 2 vezes por semana deve ser feito um treinamento de força ou contra-resistência, com ou sem auxílio de equipamentos. Diversos aplicativos promovem esse tipo de treinamento, o BTFIT, por exemplo, é um aplicativo que possui além de aulas coletivas em 6 modalidades, possui também em seu acervo um personal trainer online, para treinos em casa ou na academia.

“Treinar 3 vezes por semana já é suficiente para manter a saúde cardiovascular e reduzir drasticamente toda e qualquer doença crônico degenerativa. Para os iniciantes, a progressão de sobrecarga seja em exercícios de contra-resistência ou cardiorrespiratório é benéfica e promove maiores benefícios reduzindo os riscos das adaptações fisiológicas das articulações e também do músculo”, orienta o especialista.

Aulas gratuitas por aplicativo

Como forma de incentivar as pessoas a ficarem em casa sem deixar de lado a saúde e o bem-estar, o BTFIT está com acesso gratuito para qualquer pessoa que deseje se exercitar com orientações e treinamentos guiados por profissionais especializados.

As modalidades de exercício são Ballet Fitness, Yoga, Abdominal, Mat Pilates, 20 Minutes Workout e Cardio Dance, além de programas de treinamento que são verdadeiras jornadas de exercícios, reproduzidos através de aulas coletivas e Personal Trainer Online, que orienta treinos apenas com o peso do corpo. O acesso gratuito ao aplicativo ficará disponível ao público até o dia 31 de março, podendo ser prorrogado.

As aulas coletivas de todas as modalidades disponíveis duram de 15 a 30 minutos. Os interessados devem acessar o site da plataforma https://bt.fit ou baixar o aplicativo BTFit em uma das lojas virtuais (Apple Store e Google Play). Depois é só se cadastrar, através de um e-mail e senha, e começar a treinar.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.