Blockchain

O blockchain é uma das tecnologias mais promissoras do nosso tempo, que promete mudar a forma como atualmente entendemos as bases de dados, os mecanismos de transferência ou a rastreabilidade de objetos e pessoas em escala global.

Mas de onde vem esse conceito de cadeias de blocos? Quando elas começaram a ser usadas para o tratamento de criptomoedas? Quais os momentos-chave na história recente desta tecnologia? Aqui, iremos rever a trajetória do blockchain através de cinco momentos que nos conduziram ao “boom” que vivemos hoje.

1. Antecedentes Históricos

Para entender o fenômeno do blockchain temos que voltar no tempo. Especificamente, até 3200 a.C: a primeira vez que surgiu evidências da existência de registros contábeis de uma única entrada. Eles seriam os ancestrais dos bancos de dados atuais e o início do registro de informações de maneira sistemática.

Posteriormente, em 1494, foi criado o primeiro sistema contábil de dupla entrada, codificado em um livro de matemática publicado em Veneza. Assim, houve pouco progresso até 1991, quando o forte surgimento da Internet (baseado em um modelo distribuído, como o blockchain) abriu as portas para as primeiras tecnologias da cadeia digital de blocos.

2. Hashcash (1997)

Em 1997, 21 anos atrás, Adam Back inventou o Hashcash, um sistema monetário alternativo que usava o que hoje poderia ser considerado uma primeira prova de conceito do sistema que mais tarde popularizou o bitcoin.

Um ano depois, em 1998, os sistemas B-Money e BitGold de Wei Dai e Nick Szabo, respectivamente, apareceriam. Aqui a noção de capacidades digitais distribuídas para o gerenciamento de criptomoedas já foi introduzida.

bitcoin cotação de hoje
Foto: Leamsii / Pixabay

3. Bitcoin (2008-2009)

O primeiro artigo sobre Bitcoin é publicado, pelo misterioso Satoshi, que daria as chaves técnicas e os fundamentos econômicos para a criação de uma nova criptomoeda. O bloco original é extraído pelo próprio Satoshi, iniciando assim o blockchain bitcoin como o conhecemos.

O resto, como dizem, é história: 22 de maio de 2010 veio a primeira transação real com um bitcoin (pagando duas pizzas em troca de 10.000 bitcoins pelo programador Laszlo Hanyecz); a bolha de preços exponencial da moeda até o recente solavanco generalizado ou o surgimento de outras moedas digitais alternativas, como a Ethereum.

4. Primeiros testes fora do bitcoin (2015)

Mas era necessário algo para o blockchain sair da esfera de influência do bitcoin e suas criptodivisas, um movimento que ocorreu em março de 2015, quando a Nasdaq (principal índice de ações em questões de tecnologia) decide implantar seus primeiros produtos em teste baseado em blcokchain .

Desde então, muitas empresas do mercado financeiro e de ações realizaram testes relacionados ao blockchain, com mais ou menos maturidade e sucesso. Em escala global, podemos citar o projeto Hyperledger, comandado pela Linux Foundation e lançado em dezembro de 2015, que é a maior comunidade de código aberto vinculada à blockchain do mundo.

5. Segunda onda de desenvolvimentos

Nos últimos tempos, 2017 e 2018, esses primeiros testes de conceitos têm se transformado em desenvolvimentos plenamente funcionais. Em adição, uma segunda onda de interesse, foram moldadas parcerias com o setor para conduzir grandes cadeias de blocos e empresas como a IBM já incorporam esta tecnologia como a base para algumas de suas principais apostas de negociação.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.