Destaques, Política

Bolsonaro revela que “muita coisa” do governo Temer vai ser mantida

Após a reunião que formalizou o governo de transição, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse nesta quarta-feira (7) que “muita coisa” da gestão Michel Temer vai ser mantida, sem citar detalhes. Ele afirmou que “não se pode furtar” do conhecimento de quem passou pela Presidência da República. Bolsonaro agradeceu o encontro e disse que conta

Brasil, Destaques

PF diz que Michel Temer recebeu R$ 5,9 milhões em propina

(ANSA) – O relatório final da Polícia Federal no inquérito sobre o “Decreto dos Portos“, divulgado nesta quarta-feira (17), indicou que o presidente Michel Temer teria recebido R$ 5,9 milhões em propinas do setor portuário. Segundo o texto, assinado pelo delegado Cleyber Malta Lopes, os pagamentos teriam sido efetuados entre 2000 e 2014, pela Rodrimar,

Destaques, Política

Internautas pedem #FicaTemer após resultado das eleições

(ANSA) – Com um histórico de aprovação popular menor de 5%, o presidente Michel Temer foi um dos assuntos mais citados no Twitter do mundo inteiro neste domingo (7), com a hashtag #FicaTemer. #FicaTemer teve mais de 70 mil citações por volta das 21h de Brasília, ocupando o primeiro lugar dos Trending Topics mundiais. A

Brasil, Destaques

Temer cede pressão e acerta reajuste de 16% no salário de ministros do STF

Diante da decisão do Judiciário e do Legislativo de aumentarem os salários de seus funcionários em 2019, o presidente Michel Temer desistiu de enviar ao Congresso Nacional uma medida provisória (MP), dada como certa desde 10 de agosto, que adiaria para 2020 o reajuste dos servidores do poder Executivo. Em reunião com o futuro presidente

Destaques, Política

Barroso autoriza PF a cruzar dados de inquéritos contra Temer

(ANSA) – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, autorizou na noite desta terça-feira (21) a Polícia Federal a ter acesso e compartilhar dados entre dois inquéritos que apuram o envolvimento do presidente Michel Temer em casos de corrupção. Um dos inquéritos é o chamado “decreto dos portos”, que investiga se o