Destaques, Plantão Policial

Dupla que usou carro da empresa para transportar maconha é detida em Ceará-Mirim

Após denúncia anônima repassada ao número 127 do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO – do MPRN, policiais rodoviários federais apreenderam no final da tarde desta terça-feira (18), três quilos de maconha, que eram transportados por dois homens em uma Fiorino de uma empresa transportadora. A droga estava escondida entre

Concurso Público, Destaques

Ministério Público recomenda prorrogação de validade do concurso em Ceará-Mirim

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e o Ministério Público de Contas do Estado expediram recomendação conjunta para que a Prefeitura de Ceará-Mirim prorrogue o prazo de validade do concurso público realizado em 2016 por mais dois anos. Objetivo é viabilizar a convocação dos demais aprovados no certame. O concurso ofereceu 319

Destaques, RN

Operação Cabresto: MPRN investiga compra de votos em Ceará-Mirim

O Ministério Público Eleitoral deflagrou na manhã desta sexta-feira (28) a Operação Cabresto em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. O objetivo é apurar corrupção eleitoral. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em locais onde supostamente estaria havendo suporte a ações de compra de votos. A ação teve apoio da Polícia Militar e o

RN

Ceará-Mirim recebe segunda unidade do Restaurante Popular

O Governo do Rio Grande do Norte inaugura, nesta quinta-feira (28), a segunda unidade do Restaurante Popular no município de Ceará-Mirim. A nova unidade será instalada no bairro de Nova Descoberta, na Rua Léo Virgílio Cavalcante e oferecerá 400 almoços por dia, de segunda a sexta-feira, das 11h às 14h, pelo valor simbólico de R$ 1

RN

MPF promove busca e apreensão na Prefeitura de Ceará-Mirim (RN)

O Ministério Público Federal (MPF) obteve um mandado de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Ceará-Mirim (RN), localizada a 28 quilômetros de Natal. O objetivo foi recolher material que possa subsidiar as investigações sobre possíveis irregularidades em um contrato de prestação de “serviços de transporte de estudantes e passageiros diversos”, firmado em 2016.