6 pessoas são detidas por roubo de material radioativo no México

Seis pessoas foram internadas em um hospital na região central do México para os testes de radiação, são suspeitos do roubo de um caminhão contendo cobalto-60, material radioativo potencialmente mortal.

Dos homens detidos, com idades entre 16-38, apenas a 16 anos de idade mostrou sinais de exposição à radiação, mas ele estava bem de saúde. Os seis foram detidos quinta-feira apos investigação e levados para o Hospital Geral de Pachuca para testes.

O cobalto-60 roubado era de equipamentos obsoletos de radioterapia. A notícia desencadeou alerta em seis estados mexicanos e Cidade do México, assim como notificações internacionais para os EUA e da Agência Internacional de Energia Atômica, em Viena. Autoridades alertaram que quem removeu o material radioativo com a mão, provavelmente foi contaminado e pode morrer em breve, de acordo com um relatório Sky News.

Foi levantada a preocupação de que o material poderia ter sido roubado para fazer uma bomba suja, um explosivo convencional que dissemina material radioativo. Mas as autoridades mexicanas disseram que os ladrões pareciam ter como alvo o caminhão de carga com uma plataforma móvel e guindaste, e provavelmente não sabia sobre a carga perigosa.

O material era do obsoleto equipamento de radioterapia de um hospital no norte da cidade de Tijuana e estava sendo transportado para instalação de resíduos nucleares no Estado do México, que faz fronteira com a Cidade do México.

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!