45 mil refugiados; essa é a quantidade que o EUA pretende acolher no país
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

45 mil refugiados; essa é a quantidade que o EUA pretende acolher no país

setembro 27, 2017 0 Por Aline Rodrigues

Tentando fugir dos conflitos desencadeados pelos seus países de origem, diversas pessoas tentam um refúgio em locais desconhecidos, em busca de um recomeço, em busca de uma vida digna para si e seus familiares. Muitos países europeus, do Oriente Médio e o Brasil têm recebido esses refugiados. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também planeja amparar essas pessoas.

O planejamento do governo americano é de acolher 45 mil refugiados no próximo ano fiscal, que terá inicio no dia 1º de outubro. As informações foram passadas à Reuters, por um ex-funcionário do governo norte-americano, que pediu para não ser identificado.

Esse número ainda não é o suficiente. 45 mil pessoas representa o número mais baixo, em 10 anos. A quantidade foi decidida após uma reunião com autoridades divididas. Algumas queriam um número ainda mais baixo, alegando o foco que Trump deu em sua campanha, sobre o controle de imigrantes na nação.

Por outro lado, outras queriam elevar a quantidade de pessoas acolhidas no pais, com o objetivo da ação servi de exemplo para outros países fazerem o mesmo.

O governo de Trump precisa ainda persuadir outros países como Jordânia, Turquia e Líbano, que já acolheram muitos refugiados sírios, para permanecer recebendo mais pessoas. Além de tentar continuar recebendo doações de outros lugares, para então, finalizar a quantidade exata de refugiados, explicou a fonte.

“Não temos moral para desempenhar esse papel se cortarmos nossa própria assistência humanitária e se reduzirmos à metade nossa acolhida a refugiados”, disse.

Há um tempo, o Papa Francisco havia pedido para que os mosteiros abrigassem, pelo menos, uma família. E mesmo assim, não seria suficiente diante da tragédia que permeia nos países. Milhares de pessoas não conseguiram, sequer, saírem de seus países na tentativa de fuga.

A consequência dos conflitos provocados pelos países de origem é de muitos mortos. O número ultrapassa de 250 mil com muito mais de 3 milhões de refugiados.

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!