Home Notícias Política Vereador quer a redução da maioridade e pena de morte para infratores

Vereador quer a redução da maioridade e pena de morte para infratores

Publicidade

Vereador quer a redução da maioridade e pena de morte para infratores
Foto: Reprodução/Facebook
0
Publicidade

A redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal foi abordada por vereadores de Natal, Rio Grande do Norte. Alguns, demonstraram-se contrários, outros, defenderam a sua implementação como forma de diminuir os índices de violência que aumentam progressivamente em todo o País.

O vereador do PR, Adão Eridan, tem radicalizado nesse assunto e feito pronunciamentos no plenário da Câmara Municipal defendendo não só a redução da maioridade, mas pedindo a implantação da pena de morte no Brasil para quem praticar crimes hediondos. “O meu desejo é que seja implantada pena de morte para quem, por exemplo, estupra e mata”, disse o vereador, prevendo que caso seja feita uma consulta popular sobre esse assunto a maioria da população brasileira será favorável.

Adão Eridan disse ter encaminhado um documento à presidente Dilma Rousseff numa das suas vindas ao Rio Grande do Norte com seis sugestões:

1 – mudança no código penal

2 – redução da maioridade de 18 para 16 anos

3 – aplicação de pena severa para crime hediondo

4 – tratamento diferenciado para presos comuns presos de alta periculosidade

5 – ocupação para presos

6 – aquisição de terras improdutivas para construção de presídios de segurança máxima com direito a trabalhar de dia e estudar à noite para recuperar os que forem recuperáveis. “Os que não quiserem trabalhar e estudar, castigo à noite e obrigar trabalhar durante o dia”, ressalta o vereador lembrando que até agora a presidente não respondeu suas sugestões.

Com informações do Jornal de Hoje*

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!