Home Notícias Economia Vendas do Liquida Natal podem movimentar R$ 200 milhões

Vendas do Liquida Natal podem movimentar R$ 200 milhões

Publicidade

Vendas do Liquida Natal podem movimentar R$ 200 milhões
0
Publicidade

Começa nesta sexta-feira (28) e segue até o dia 8 de setembro a Liquida Natal, a segunda data mais importante para o comércio natalense. Mais de três mil pontos de vendas estarão participando do evento e a previsão é que as vendas durante o período ultrapassem os R$ 200 milhões.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal), Augusto Vaz, reforçou que a campanha é importante para a economia potiguar e que é a oportunidade que o comércio tem para recuperar as perdas.

“Fazemos a Liquida Natal em um período que tradicionalmente para o comércio e a Liquida é animador para o lojista, motiva a equipe, o empresário, que pode constatar que pode reverter o cenário”, detalhou Vaz. Os descontos variam de 5% a 60%.

O dirigente apresentou as três novidades da Liquida Natal este ano. O consumidor pode ter acesso as informações sobre as promoções através de uma aplicativo compatível para Android e iOS, podendo fazer a busca do produto por local de venda ou pela peça que deseja. É a primeira Liquida brasileira que usa esse tipo de tecnologia.

A segunda novidade é a decoração nas ruas nos principais corredores da capital, lembrando aos motoristas e pedestres da promoção, e a terceira é a transmissão ao vivo dos sorteios.

PREMIAÇÃO

A premiação esse ano é três automóveis Toyota Etios 0 km; duas bolsas de estudo de Nível Superior, cinco motos 125 0 km, cinco caminhões de Prêmios e 500 mil pontos múltiplos para os consumidores. Para os lojistas e vendedores premiados, 16 iphones. Cinco milhões de cupons serão distribuídos e o consumidor que pagar utilizando o cartão, recebe cupons em dobro.

O coordenador da Liquida no Brasil, Bernardo Faria, acredita que esta será a melhor Liquida Natal e acrescentou que, proporcionalmente, a capital potiguar é a terceira maior do Brasil. As Liquidas acontecem em 15 estados brasileiros.

“Esse é um grande momento para realizar a Liquida Natal, estamos indo na contramão de tudo. O papel da Liquida é fazer a economia girar, as pessoas continuam consumindo e vão ter a oportunidade de consumir mais”, afirmou Bernardo.

PARCERIA

 O vice-presidente da Rede, operadora de cartão de crédito, Fábio Herszkowicz contou que o ‘dinheiro de plástico’ faz parte das vendas do varejo, estando diretamente ligados. A empresa é parceira do Liquida Natal nas 14ª edições do evento.

“Ano passado, houve um crescimento de 20% no consumo de cartão de crédito ou débito durante o Liquida Natal, é um número expressivo para o período do ano. A Liquida fomenta o consumo e tem um desconto real, não cogitamos não participar, pelo retorno bom que temos”, declarou.

Fábio garantiu que há uma equipe de prontidão e a entrega das máquinas irão acontecer em um curto espaço de tempo. “Máquina na mão do lojista é garantia de venda”, encerrou.

O jornalista Paulo Henrique Amorim, palestrante na cerimônia de abertura do Liquida Natal, ressaltou a credibilidade da Liquida Natal, no qual o consumidor acredita em um desconto efetivo. “A Liquida é uma ideia brilhante, nenhuma, das mais de 200 Liquidas já realizadas, deram errado. É um farol que ilumina seja no dia claro ou no dia nebuloso”, analisou o comunicador.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!