UPAs de Natal realizam mais de 107 mil atendimentos nos cinco primeiros meses de 2015

As Unidades de Pronto Atendimento (UPA) fazem parte de uma Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde. Atualmente Natal conta com duas unidades que funcionam sete dias por semana, 24 horas por dia – UPA Esperança, localizada em Cidade da Esperança, e UPA Pajuçara, localizada na zona Norte de Natal. Até o final do ano, o município deverá ganhar mais duas unidades, outra na zona Norte de Natal – a UPA Potengi – e uma na zona Sul da cidade.

Nos cinco primeiros meses de 2015, as duas Unidades de Pronto Atendimento de Natal contabilizaram 107.288 atendimentos à população natalense e de municípios vizinhos. Na UPA Pajuçara, foram realizados, nesse período, 167.702 procedimentos e aproximadamente 39.291 atendimentos, entre eles, de clínica médica, odontologia, pediatria e serviço social.

Entre os procedimentos realizados pela UPA Pajuçara, destaque para administração de medicamentos que foram 55.234 só nesse período. A unidade ainda realiza curativos de graus I e II, sutura, drenagem de abcesso, HGT, nebulização, além de exames de eletrocardiograma, laboratoriais e de raios-X

Já a Unidade de Pronto Atendimento Esperança realizou em torno de 67.997 atendimentos. De acordo com a diretora geral da unidade, Swamy Bezerra, nesta semana a UPA Esperança passou a contar também com atendimentos a odontologia infantil de urgência e emergência. “A UPA é uma ferramenta muito importante dentro da rede municipal de saúde, pois a maioria dos casos são solucionados na própria unidade”, ressalta Swamy Bezerra.

Na reta final de conclusão da obra, a UPA Potengi, quando estiver em funcionamento,terá capacidade para atender até 700 pessoas/dia e contará, entre outras coisas, com 13 leitos de observação (masculino, feminino e infantil), cinco consultórios, sendo dois ginecológicos; salas de gesso, curativo, raio-x, hidratação; sala de coleta com laboratório; farmácia; refeitório, vestiário; além da ala administrativa.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!