Home Notícias Ciência Universos paralelos existem, afirmam pesquisadores

Universos paralelos existem, afirmam pesquisadores

Publicidade

Universos paralelos existem, afirmam pesquisadores
Teoria de Universos Paralelos pode ser real
0
Publicidade

Poderíamos estar em vários países diferentes e em outros mundos neste exato momento. De acordo com um grupo de pesquisadores americanos e australianos, universos paralelos existem e interagem constantemente uns com os outros. As informações são do jornal Daily Mail.

Apesar de soar como ficção científica, a nova teoria poderia resolver algumas das irregularidades na mecânica quântica. A equipe da Universidade de Griffiths e da Universidade da Califórnia sugerem que, em vez de evoluir de forma independente, mundos próximos influenciam um ao outro por uma força sutil de repulsão.

Eles alegam que tal interação poderia explicar tudo o que é bizarro, como, por exemplo, as partículas operarem em escala microscópica. A mecânica quântica é notoriamente difícil de entender, exibindo fenômenos estranhos que parecem violar as leis de causa e efeito. “A ideia de universos paralelos na mecânica quântica vem desde 1957”, disse Howard Wiseman, professor de Física na Universidade de Griffith. Ainda de acordo com o professor, cada universo ramifica em inúmeros novos universos cada vez que uma medição quântica é feita.

De acordo com os pesquisadores, Universos Paralelos existem e interagem entre si. Foto: Daily Mail
De acordo com os pesquisadores, Universos Paralelos existem e interagem entre si. Foto: Daily Mail

“Todas as possibilidades existem, portanto, em alguns universos o asteroide não matou os dinossauros da Terra. Em outros, a Austrália foi colonizada pelo Português. Mas os críticos questionam a realidade desses outros universos, uma vez que não influenciam o nosso universo em tudo”, completou Howard.

A teoria de Universos Paralelos foi proposto inicialmente por Hugh Everett, que disse que a capacidade das partículas quânticas ocuparem dois estados, aparentemente ao mesmo tempo, poderia ser explicado por ambos os estados co-existentes em diferentes universos. Em vez de um colapso, em que as partículas quânticas “escolhem” ocupar um estado ou outro, eles na verdade ocupam ambos, simultaneamente.

Como Everett, o professor Wiseman e seus colegas propõem que o universo que vivenciamos é apenas um de um número gigantesco de mundos. Eles acreditam que alguns são quase idênticos aos nossos, enquanto a maioria são muito diferentes. Todos esses mundos são igualmente reais, existindo continuamente ao longo do tempo, e com propriedades bem definidas.

Eles sugerem que os fenômenos quânticos surgem de uma força universal de repulsão entre os mundos ‘próximos’ que tendem a torná-los mais desiguais. Dr. Michael Hall do Centro de Griffith para Quantum Dynamics acrescentou que a teoria dos Universos Paralelos pode até mesmo criar a possibilidade extraordinária de testar a existência de outros mundos. “A beleza da nossa abordagem é que, se houver apenas um mundo, a nossa teoria reduz a mecânica newtoniana, enquanto que, se há um número gigantesco de mundos reproduz a mecânica quântica”, diz ele.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!