Home Notícias Brasil RN Natal UFRN e Prefeitura buscam integrar Natal à Rede de Cidades Inteligentes

UFRN e Prefeitura buscam integrar Natal à Rede de Cidades Inteligentes

Publicidade

UFRN e Prefeitura buscam integrar Natal à Rede de Cidades Inteligentes
0
Publicidade

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte e a Prefeitura de Natal assinaram Convênio de Cooperação Técnica, denominado Natal, Cidade Inteligente e Humana, para subsidiar as ações do município, a partir de sua adesão à Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas.

A assinatura do acordo aconteceu durante reunião do prefeito Carlos Eduardo Alves com o professor Álvaro de Oliveira, da Universidade Aalto Helsinki (Finlândia), que coordena a Rede de Human Smart Cities e é Presidente Emérito da Rede Europeia de Living Labs (EnoLL), no Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte.

Na segunda-feira, 28, o professor Álvaro Oliveira, que está na cidade para uma visita técnica, fez uma apresentação sobre Cidade Inteligente e Humana. Segundo ele, Natal tem atrativos para implementar um projeto na área e pode ser selecionada para o Projeto de Cidades Inteligentes a ser implantado no Brasil.

O professor Álvaro Oliveira fica na cidade até quarta-feira, 30, para visitas ao Instituto Metrópole Digital (IMD) e outros ambientes de inovação da UFRN, assim como ao Instituto Internacional de Neurociências, ao Centro de Pesquisa do IIN-ELS e ao Campus do Cérebro, em Macaíba.

Ele também participará de reuniões com o Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia – COMCIT e Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação (NAGI), na FIERN, e de encontro com os prefeitos dos municípios da Região Metropolitana de Natal.

Convênio

A reitora Ângela Maria Paiva Cruz considerou que o convênio firmado entre a UFRN e a Prefeitura do Natal é mais um passo na contribuição para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. Ângela destacou que o papel da UFRN vai além da formação profissional e que “O conhecimento gerado e repassado pela Universidade deve contribuir, também, para melhorar a qualidade de vida nas cidades”.

Segundo o prefeito Carlos Eduardo Alves, “Natal vive o fenômeno da migração”, a exemplo de outras capitais brasileiras, e a prefeitura deve buscar na tecnologia as respostas aos problemas que a cidade enfrenta no seu crescimento. A participação da Universidade, disse, é indispensável e deve contribuir para a sustentabilidade do projeto.

O encontro teve a participação de representantes do Governo do Rio Grande do Norte e de instituições acadêmicas, empresariais e financeiras.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!