Home Turismo Turismo de Aventura pode crescer no RN

Turismo de Aventura pode crescer no RN

Turismo de Aventura pode crescer no RN
Reprodução / Os 1000 Dias de Rodrigo
0

Três municípios potiguares estarão em breve na rota de aventureiros e adeptos das trilhas, escaladas e outras modalidades do turismo de aventura. Uma equipe especializada, incluindo consultores do Sebrae/RN, acompanham técnicos da Setur RN e da Emprotur desde ontem e durante todo o dia de hoje (6). Na rota, estão Monte das Gameleiras, Serra de São Bento e Passa Fica. As cidades serão avaliadas devido ao seu potencial turístico e da estrutura de apoio necessária à atividade na região. A intenção é consolidar o segmento de ecoturismo e de turismo de aventura com todas as suas especificidades, pré-requisitos de segurança e regulamentações ambientais para a área a ser explorada.

“Este será um primeiro passo para integrar potencialidades do interior do nosso Estado em roteiros organizados, passíveis de promoção em eventos de turismo e junto a operadores”, enfatiza a presidente da Emprotur, Aninha Costa. O secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar, lembra a necessidade de municípios com esses atrativos adiantarem a logística necessária para recepcionar o turista. “Muitas vezes itens básicos como banheiros não tem nem nas proximidades. Então não podemos vender esses destinos porque em vez de atrair, vai afastar o turista”, avalia.

A visita técnica pretende avançar com um projeto de turismo sustentável, integração da comunidade e produção associada na região, notadamente nos três municípios, que já possuem estruturas em meios de hospedagem e gastronomia. “Consideraremos também o diagnóstico realizado pelo Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo Sustentável do Polo Agreste-Trairi, que está sendo elaborado pela Secretaria. Vamos verificar o que poderá ser feito e executado na região, num período de 20 meses, pelo Governo do Estado, com recursos do RN Sustentável, e ainda parcerias com o Sebrae e outras fontes de recursos”, explica a subscretária de Turismo, Solange Portela.

Um dos principais atrativos que possibilitam a prática de esportes de aventura na região proposta para o projeto é o Parque Estadual da Pedra da Boca, localizado no município de Araruna (PB), fronteira com o RN. Por isso há no planejamento das ações um encontro da representação potiguar com o Governo do Estado da Paraíba para propor uma ação conjunta. “Se a Pedra da Boca está do lado paraibano, do lado de cá da fronteira estão hotéis, restaurantes, lojas, agencias de viagens e guias e turistas à espera da consolidação desse destino”, lembra Aninha Costa.

Hiago Luis Estudante de jornalismo e concluindo a graduação. Natalense de nascença e coração. Experiência em assessoria de comunicação, jornalismo online e impresso, rádio jornalismo, produção e reportagem em TV. Palmeirense, canceriano e fã de tudo que envolve HQ,s. Mas que tudo, viciado em trabalho. Amo o que faço. Prefiro o PES, ao Fifa! Prazer, Hiago Luis!
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!