Home Notícias Política TSE investiga possível fraude milionária no Bolsa Família

TSE investiga possível fraude milionária no Bolsa Família

Publicidade

TSE investiga possível fraude milionária no Bolsa Família
Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado
0
Publicidade

Dados apresentados na última quinta-feira (22) pelo presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, e pelo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, mostram que cerca de 16 mil doadores de campanhas políticas são beneficiários do Programa Bolsa Família. O dado foi identificado após cruzamento dos dados da base do Cadastro Único do governo federal com o de doações. O valor total das doações pode chegar a R$ 16 milhões.

Para o ministro Osmar Terra, uma das possibilidades é de que o CPF dos beneficiários esteja sendo usado sem o conhecimento deles. “Os casos serão investigados com a ajuda do TSE e, se as fraudes forem confirmadas, as famílias serão imediatamente desligadas”, afirmou Terra, em coletiva de imprensa realizada na sede do órgão eleitoral.

O ministro lembrou ainda que, a cada dois anos, é feita uma revisão cadastral para checar se as famílias beneficiárias cumprem os requisitos do programa. “Nós estamos fazendo, inclusive, uma modificação nesse processo para encurtar esse prazo”, acrescentou. Atualmente, 13,9 milhões de famílias recebem o benefício, com valor médio de R$ 182,03.

Na avaliação do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, tudo indica que pode haver fraude. “Ou essa pessoa não deveria estar recebendo Bolsa Família ou está ocorrendo o que chamamos de ‘caça CPF’, ou seja, a manipulação de CPF de alguém que está inocente nessa relação”, afirmou.

No final de agosto, os dois órgãos assinaram um acordo de cooperação técnica para efetuar o cruzamento de informações dos políticos com candidatura registrada na Justiça Eleitoral e pessoas inscritas no Cadastro Único.

A medida vai reforçar o cumprimento do decreto 5.209 de setembro de 2004, que estabelece desligamento automático de pessoa física inscrita no Programa Bolsa Família e que seja eleita para cargos no Poder Executivo ou Legislativo.

Doações

Conforme as informações do TSE, do total doado pelos beneficiários do Bolsa Família, mais de R$ 10.813 milhões correspondem a doações estimadas, ou seja, quando é feita em forma de prestação de serviço e não em dinheiro. Segundo o TSE, os R$ 5.157.328,45 restantes correspondem a doações em dinheiro.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!