Home Notícias Mundo Touro “gay” é salvo do matadouro por Sam Simon, co-criador de “Os Simpsons”

Touro “gay” é salvo do matadouro por Sam Simon, co-criador de “Os Simpsons”

Touro “gay” é salvo do matadouro por Sam Simon, co-criador de “Os Simpsons”
Sam Simon, co-criador de Os Simpsons declarou que irá doar sua fortuna. Foto: REUTERS
0

Um touro reprodutor que foi destinado ao abate por ser ‘gay’ foi salvo por Sam Simon, co-criador de “Os Simpsons”. Simon sofre de câncer terminal e já anunciou que irá doar sua fortuna para instituições de caridade.  Benjy, um touro irlandês em County Mayo, Irlanda, iria ser abatido por ser considerado gay, depois que um veterinário declarou que essa seria a razão pela qual ele não consegue reproduzir. As informações são do Daily Mail.

Benjy (foto), o touro gay no Condado de Mayo, em Dublin, agora vai viver o resto de sua vida em paz após a ajuda de Simon. Foto: Reprodução/Daily Mail
Benjy (foto), o touro gay no Condado de Mayo, em Dublin, agora vai viver o resto de sua vida em paz após a ajuda de Simon. Foto: Reprodução/Daily Mail

Mas, quando Sam Simon ficou sabendo do fato ele ofereceu 5.000 euros (cerca de R$15 mil) para comprar Benjy e transportá-lo para um santuário onde ele agora vai viver a sua vida natural em paz. A previsão é que o touro seja transferido antes do Natal. Simon foi diagnosticado com câncer terminal em 2012 e optou por utilizar o dinheiro e o tempo que lhe resta para ajudar os animais necessitados.

Isto inclui transferir 17 ursos de poços de concreto praticamente estéreis para uma nova casa exuberante, ajudar aposentar um cavalo manco usado para corridas e garantir a transferência de um chimpanzé que havia passado mais de 18 anos em confinamento solitário em um zoológico para um santuário respeitável. Ele também criou o Sam Simon Foundation, uma organização dedicada a resgatar e reabilitar cães desabrigados.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!