Home Notícias Mundo Terroristas do Estado Islâmico obtém dados pessoais de seus críticos no Youtube

Terroristas do Estado Islâmico obtém dados pessoais de seus críticos no Youtube

Publicidade

Terroristas do Estado Islâmico obtém dados pessoais de seus críticos no Youtube
Foto: © RT / Reuters
0
Publicidade

Depois de receber inúmeras ameaças dos terroristas islâmicos que obtiveram suas informações pessoais aproveitando-se das regras de direitos de autor, o homem agora tem de viver as escondidas. De acordo com o The Daily Hot ele trabalhou para a sede do canal alemão no YouTube Al Hayat TV, que transmite em árabe e é conhecido por sua crítica ao Islã e especialmente aos islamitas.  As informações são do Actualidad RT.

Os terroristas conseguiram obter as informações privadas após uma reivindicação de direitos autorais contra o canal, sob um nome falso. De acordo com a Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital (DMCA, sigla em Inglês), o YouTube informou à Al Hayat TV que ele tinha o direito de responder a uma reclamação para impedir o fechamento do canal, no entanto, com um conjunto de condições, inclusive aceitando que os dados pessoais possam ser divulgados.

Para não correr o risco de ser fechado, o canal decidiu aceitar as regras para responder a reclamação. Dias após, um componente do canal alemão recebeu o seguinte e-mail: “Obrigado por seus dados pessoais, assegure-se de que a sua casa tenha proteção policial”. Com a ameaça, ele foi forçado a abandonar o seu trabalho e pedir proteção policial.

O YouTube já manifestou preocupação com a violação de dados. A nova tática dos terroristas para obter informações privadas pode dirigir gigantes como YouTube ou Google a mudar sua política de privacidade .

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!