Home Notícias Economia Tecnologia chega para revolucionar mercado de construção de torres eólicas

Tecnologia chega para revolucionar mercado de construção de torres eólicas

Tecnologia chega para revolucionar mercado de construção de torres eólicas
Foto: Divulgação
0

Se há um setor pulsante hoje na economia brasileira é o de energia eólica – onde tem sido protagonista na ampliação da participação das energias renováveis na matriz elétrica brasileira. O Brasil comemorou o último Dia Mundial do Vento, 15 de junho, com 9,77 GW de energia eólica instalada. E mais: celebra esta semana o alcance dos 10 GW de produção e o início de estudos com objetivo de desenvolver uma tecnologia inovadora que possibilitará a construção de torres eólicas de concreto de ultra/alta performance Ductal, ampliando resultados e otimizando custos para as empresas de energia.

A assinatura do protocolo de intenções que vai dar vida a esta nova tecnologia de construção de torres aconteceu nesta terça (30) durante o acontecimento do maior evento de energia eólica da América Latina, a Brazil Windpower 2016, no Rio de Janeiro. Além da presença dos representantes da DTS – Dois A Tower System, Dois A Engenharia e Tecnologia Ltda , T&A Construções Ltda, ATS – Advanced Tower System, e DUCTAL (empresa da Lafarge Holcim S.A.), detentoras da tecnologia, o evento contou com participação do Ministério da Ciência, Indústria, Tecnologia e Comunicações, que apoia a união das empresas nacionais com a internacional.

O desenvolvimento tecnológico de torres Ductal será possível graças a união destes players. O Ductal é um material de alta tecnologia que combina matriz mineral de ultra alta performance com fibras metálicas ou poliméricas. A aplicação dessa tecnologia trará ganhos significativos aos projetos eólicos, através da redução dos custos de implantação e manutenção das torres. Possibilitará ainda, alcançar maiores alturas de geração com a utilização de guindastes já disponíveis no mercado brasileiro, uma vez que os elementos de concreto pré-moldado das torres terão uma redução aproximada de 50% do seu peso, com um aumento de até 300% da sua resistência à compressão.

MATRIZ – Estima-se que 7% da matriz elétrica brasileira hoje vem da energia dos ventos. No ano passado, a energia eólica abasteceu população equivalente a todo o sul do País, investiu R$ 20 bilhões, foi a fonte que mais cresceu no mundo e criou 41 mil empregos. É de olho neste cenário que as grandes empresas nacionais e internacionais investem pesado em tecnologia e inovação.

EVENTO – O Brazil Windpower 2016 – Conferência & Exposição traz as melhores oportunidades de network e negócios que envolvem este mercado. O evento acontece no Rio, em 3 dias consecutivos, de 30 de agosto a 1º de setembro, trazendo as principais autoridades do setor para debater o crescimento deste mercado durante o congresso e as principais empresas do mercado para a feira de negócios.

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!