Home Notícias Brasil RN Natal Sindsaúde quer investigação do concurso para a Saúde de Natal

Sindsaúde quer investigação do concurso para a Saúde de Natal

Sindsaúde quer investigação do concurso para a Saúde de Natal
0

As polêmicas envolvendo o concurso público para a Saúde de Natal parecem não ter fim. Na manhã desta segunda-feira (20) a empresa responsável por realizar o concurso, emitiu nota informando que “as provas para Fisioterapeuta e Médico Mastologista serão reaplicadas em nova data a ser definida pela Comissão e divulgada através do edital”.

De acordo com o Sindicato dos Servidores da Saúde do RN (Sindsaúde-RN), haviam apenas 25 cadernos de provas para 120 candidatos e estas foram entregues sem lacre. Fotos do caderno de provas do cargo de enfermeiro estão circulando pelas redes sociais, o que seria impossível, já que o edital impedia que o candidato saísse com o caderno de provas do local, mesmo ao final da prova.

Fotos do caderno de prova circulam pelas redes sociais
Fotos do caderno de prova circulam pelas redes sociais

Ainda de acordo com o Sindsaúde-RN, candidatos circulavam livremente fora da sala, mesmo após ter recebido o caderno; houve um caso de um celular tocando dentro de sala, já que não havia fiscalização suficiente nem detector de metais. Até sacolas para guardar celular faltaram e pessoas sem identificação atuavam na organização.

De acordo com o sindicato, a desorganização – que permite fraudes – ocorreu mesmo após a empresa ter obtido uma arrecadação recorde neste concurso – R$ 1.626.005,00, pagos pelos quase 94 mil inscritos. Pelo contrato, o lucro é da empresa e não da Prefeitura.

Apesar de tantas denúncias, a Secretaria Municipal de Natal ainda não considera a anulação total das provas. O secretário chegou a afirmar que as denúncias partiriam de candidatos que não teriam atingido a nota de corte. Em nota, o Sindsaúde-RN afirma que “considera extremamente graves as denúncias e o descumprimento do edital e cobra a investigação imediata”.

“É uma completa irresponsabilidade não só com quem fez a prova, mas com a saúde pública de Natal, que precisa de novos servidores. Carlos Eduardo levou quatro anos para fazer o concurso e vai sair sem nomear um único servidor”, afirma Célia Dantas, do Sindsaúde-RN.

O certame para provimento de vagas do quadro de pessoal da Secretaria Municipal da Saúde convocará 1.339 profissionais. Os salários para os aprovados vão variar entre R$ 998,68 e R$ 5.062,63.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal – Sinsenat – emitiu nota informando que “todas as irregularidades serão encaminhadas ao Ministério Público”. O sindicato informou também que a “Assessoria Jurídica já está analisando os conteúdos e, nas próximas horas, divulgará um parecer e as providências a serem tomadas”.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!