Segundo semestre começa com nova queda da confiança (ICEI)

(CNI Notícias) – Após três meses sem mostrar queda, a confiança do empresário industrial voltou a recuar. O ICEI de julho alcançou 37,2 pontos, 1,7 ponto menor que o registrado em junho. Com a queda, o índice voltou ao menor patamar da série histórica, 0,3 ponto abaixo do registrado em março de 2015, o recorde anterior. O índice encontra-se 9,2 pontos abaixo do registrado em julho de 2014 e 18,7 pontos abaixo de sua média histórica. O ICEI varia de 0 a 100 pontos e valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminada é a falta de confiança.

O Índice de Condições Atuais recuou 2 pontos entre junho e julho de 2015, para 27,6 pontos – o menor valor da série. As avalia- ções das condições atuais tanto da empresa como da economia brasileira seguem negativas. O índice referente à economia brasileira voltou a situar-se abaixo de 20 pontos, enquanto o relativo à própria empresa recuou para o novo piso da série histórica. Os índices variam de 0 a 100 pontos e valores inferiores a 50 pontos mostram avaliação de piora das condições atuais nos últimos seis meses

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!