Home Notícias Brasil RN Natal Samu retoma serviços de motolância em Natal

Samu retoma serviços de motolância em Natal

Samu retoma serviços de motolância em Natal
Foto: Divulgação / SMS
0

O serviço de motolâncias – motocicletas com equipamentos de primeiros socorros para atendimento especializado rápido – do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu Natal 192) foi retomado este mês em Natal/RN.

Hoje, o serviço conta com uma dupla de motociclistas socorristas circulando diariamente pelas ruas de Natal, e a expectativa é que até o dia 15 de dezembro três duplas estejam prestando esse serviço à população natalense. Para isso, 30 profissionais técnicos de enfermagem, que ingressaram na Rede pelo último processo seletivo simplificado realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), estão participando de uma capacitação.

Na próxima semana, de 23 a 27 de novembro, esses profissionais participarão da capacitação Grupamento Motolância Atendimento de Urgência (GMAU). Na totalidade, o serviço de Motolância funcionará com três equipes (seis motos), mantendo uma motocicleta como reserva técnica. Cada equipe será composta por dois técnicos de enfermagem habilitados a dirigir motocicletas.

A coordenadora do Núcleo de Educação Permanente (NEP) do SAMU Natal 192, Rogéria Abrantes, explica que, por serem mais rápidas no trânsito, as motolâncias agilizam o socorro às vítimas, reduzindo consideravelmente o número de complicações em decorrência de diversos agravos, como é o caso de uma parada cardiorrespiratória.

“O atendimento das motolâncias é importante, em função do trânsito da nossa cidade, pois o paciente terá o atendimento mais rápido, já que elas conseguem circular mais rápido no trânsito. Conseguimos ganhar minutos que são primordiais para a vida da vítima com chegada da equipe especializada e, com isso, minimizar a mortalidade, as sequelas oriundas de acidentes de trânsito e reduzir os recursos públicos gastos com pacientes internados nos hospitais”, destacou Rogéria Abrantes.

As motolâncias devem atender, em média, a 20 pacientes por dia, no horário das 6h às 17h, e serão responsáveis pelo primeiro atendimento ao paciente.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!