Home Notícias Variedades Dicas Saiba mais sobre os diferentes tipos e sabores de vinho

Saiba mais sobre os diferentes tipos e sabores de vinho

Saiba mais sobre os diferentes tipos e sabores de vinho
0

Uma das bebidas mais tradicionais do mundo, o vinho possui diversas nuances e características que devem ser levadas em consideração no momento de degustar a bebida ou combiná-la com alguma refeição. O sabor do vinho se constrói através do contato do líquido com diversos dos nossos sentidos, como o paladar, o olfato e também a visão, fazendo com que esta experiência seja extremamente sensorial.

Independentemente da nacionalidade, sejam vinhos chilenos, brasileiros, portugueses, italianos, entre outros, você pode notar todas essas nuances.

Diferentes tipos de vinhos

São vários os tipos de vinhos, permitindo que você escolha aquele que melhor atenda ao seu estilo e gosto. Os mais tradicionais são os vinhos de mesa, que normalmente apresentam uma graduação alcoólica de 10 a 13%, variando entre comuns, finos, nobres, especiais, frisantes e também os gaseificados.

Os vinhos leves atendem a um paladar mais sensível ao álcool, pois sua variação alcoólica não ultrapassa o 9,9%. Os espumantes, como o champagne, tem uma graduação de 14 a 18%, sendo indicado principalmente para momentos de comemoração.

Há também os vinhos compostos, que possuem a adição de outros produtos de origem animal, vegetal, óleos entre outros ingredientes. A gradação alcoólica destes pode ser de 15 a 18%. Por fim, os vinhos licorosos, que apresentam um aspecto de licor, possuem um alto teor alcoólico, podendo chegar a até 18%.

As cores dos vinhos

Os vinhos apresentam diversas tonalidades de acordo com a sua maneira de produção. Essas tonalidades, além de serem essenciais para categorizá-los dentro de algumas especificações, também valem para a análise da qualidade e descrição da bebida, criando aspectos que o deixam mais apropriados para cada gosto.

Os vinhos tintos são elaborados a partir de uvas com coloração avermelhada ou roxa. Ele é o tipo mais comum em todo o mundo, alcançando essa cor através da fermentação com as cascas. Já os vinhos brancos podem ser feitos com qualquer tipo de uva, desde que a fermentação não seja com as cascas.

Enquanto isso, o vinho rosé, opção bastante refrescante, ideal para os dias mais quentes, é elaborado com uvas mais escuras mas que liberam pouca coloração no processo da fermentação. Também podem ser feitos através de um blend de uma preparação tinta com uma outra branca, resultando na sua coloração de um rosa mais suave.

Classificando o teor de açúcar

Um dos modos de analisar o vinho é através de seu sabor: doce (suave), seco ou demi-sec, que é o meio termo entre essas duas primeiras denominações. O vinho seco tem até 5 g de açúcar a cada litro de vinho, enquanto o suave pode ter até 20 g a cada litro. O meio termo, demi-sec, tem, portanto, entre 5g e 20g a cada litro.

Essa classificação é válida para os mais diferentes tipos de vinhos, desde os tintos até os espumantes, permitindo que você encontre entre as diferentes denominações aquele que mais agrada o seu paladar.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!