Home Notícias Tecnologia Loja virtual: saiba como proteger um e-commerce

Loja virtual: saiba como proteger um e-commerce

Loja virtual: saiba como proteger um e-commerce
Foto: Pexabay
2

Onde tem dinheiro envolvido precisa-se redobrar a atenção. O e-commerce, ou mercado virtual, é um mercado que, apesar da crise econômica, continua crescendo e criando novas oportunidades. O e-commerce continua crescendo na casa dos dois dígitos e muitos empreendedores dos mais diversos ramos procuram entrar no mercado. Mas, onde há oportunidades também moram os perigos.

Segundo o Computerworld, o número de fraudes em e-Commerce no Brasil está crescendo e os lojistas precisam tomar cuidado ao expandir seus negócios no mundo online. Muitas empresas tem índices de fraudes superiores a meta aceitável de 1%. Mas então como proteger a loja virtual?

Não é possível se livrar completamente de fraudes, mas é possível diminuir os riscos fazendo uso de gateways de pagamentos ou intermediadores como o Paypal ou Pagseguro. Eles fornecem serviços de anti-fraude dentro do pacote e ainda protegem os dados do pagamento em seus servidores. Desta forma, o extravio eventual de dados de cartões de crédito ou débito por hackers não pode ocorrer no site da empresa, porque os dados não são armazenados nele.

Esse serviço tem um custo implícito de 1-2% dependendo do valor da compra. Ele é incluído na taxa total de 4 a 6%. Caso o e-Commerce processe e armazene os dados do pagamento diretamente com as operadoras de cartões de crédito, o custo pode ser reduzido até na metade, mas o risco está com o lojista.

De qualquer forma é inevitável proteger o site por um certificado SSL integrado comumente oferecido por empresas como 1&1. As lojas que trabalham com gateways ou intermediadores, e o checkout transparente no próprio, podem até ser obrigados a terem esse certificado de criptografia de todas informações trocadas.

https

Lojas virtuais com certificados não apenas tem as características URLs com https no início, mas também ganham destaque pelo cadeado de segurança exibido aos potenciais clientes. Ele pode aumentar significativamente as conversões já que muitos consumidores estão cientes da problemática de insegurança online e preferem transmitir seus dados pessoais apenas em ambientes protegidos.

Outro ponto importante de segurança que está diretamente ligado à loja é a segurança dos e-mails que propicia a comunicação com os clientes. Não raramente os criminosos visam essas portas de entrada mais negligenciadas para desviar dados e praticar fraudes. Uma comunicação clara e compreensível com os clientes fazendo uso de prestadores estabelecidos como Mailchimp ou Mandrill podem reduzir consideravelmente os perigos e aumentar a segurança e a confiança no e-Commerce.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
  • Johnatan

    Otimo ortigo Romario, estou aplicando estas dicas na minha lija virtual já.Obrigado por compartilhar conteúdo de qualidade no n10

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!