Home Notícias Brasil RN RN irá implantar o primeiro gabinete de segurança do Brasil

RN irá implantar o primeiro gabinete de segurança do Brasil

RN irá implantar o primeiro gabinete de segurança do Brasil
Foto: Demis Roussos
0

O governador Robinson Faria e uma comissão formada por juízes federais assinaram, no final da manhã desta sexta-feira (19), o Termo de Cooperação para criação do Gabinete de Segurança Institucional. O evento teve a participação, por videoconferência, do ministro Og Fernandes.

O GSI contempla a cooperação de informações sobre segurança envolvendo o Presídio Federal de Mossoró e as instituições de segurança do Estado, e busca através de uma maior vigilância do sistema penitenciário oferecer mais segurança para a população. O Gabinete compartilhará informações relacionadas à área de segurança, com ênfase no setor de inteligência.

O governador destacou a importância da assinatura do termo inédito em todo o país, ressaltando que a cooperação técnica, principalmente na área de segurança, com política de tolerância zero, vem a somar ao novo momento vivenciado pelo Rio Grande do Norte.

“Existe um clamor da população por segurança pública e essa parceria assinada entre o Governo e a Justiça Federal fortalece ainda mais nossas iniciativas na área. Nós entendemos que a assinatura é fundamental para reduzir os índices de criminalidade”, disse o chefe do Executivo estadual.

Robinson Faria complementou pedindo que a Justiça Federal, além da contribuição com informações privilegiadas provenientes do setor de inteligência, ainda agilize os repasses do fundo penitenciário para investimento em projetos no estado.

Kalina Leite, secretária de Estado da Segurança Pública, falou sobre a iniciativa: “A preocupação com segurança pública é um assunto que vem sendo tratado em todo o Brasil. O trabalho aqui será colaborativo, desenvolvido nas instâncias federal e estadual. É, sem dúvida, uma parceria importante”, declarou.

O juiz federal Marco Bruno Miranda afirmou que a cooperação técnica foi um projeto idealizado com antecipação. “A ideia foi montada durante alguns anos. Agora, nós vamos poder trabalhar melhor, contribuindo para a política de segurança pública por meio de intercâmbio. Hoje é um marco para o combate à criminalidade no RN”, encerrou.

Também participaram da assinatura do termo o juiz federal Orlan Donato, o diretor do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Renato De Vito, e os juízes federais Ivan Lira, Fábio Bezerra, Sophia Nóbrega e Gisele Leite, e o subcomandante da PM, coronel Sairo Rogério.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!