Home Notícias Brasil RN Rio Grande do Norte recebe prêmio da ONU por ações de recuperação ambiental

Rio Grande do Norte recebe prêmio da ONU por ações de recuperação ambiental

Rio Grande do Norte recebe prêmio da ONU por ações de recuperação ambiental
0

O Governo do Rio Grande do Norte, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), conquistou um prêmio no Programa Dryland Champions 2015, promovido pela Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação (United Nations Convention to Combat Desertification – UNCCD). O Programa de Desenvolvimento Sustentável e Convivência com o Semiárido Potiguar (PSP) conquistou o prêmio pelo Projeto Piloto de Recuperação da Microbacia Hidrográfica do Rio Cobra.

A cerimônia de entrega dos certificados aconteceu, ontem (17), em caicó, durante o evento de comemoração do Dia Mundial de Combate à Desertificação promovido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), no Centro Pastoral Dom Wagner. O Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, e o engenheiro agrônomo do PSP, Adauto Teixeira, responsável por coordenar as atividades do projeto, receberam a premiação das mãos de Carlos Guedes, assessor especial da ministra Izabella Teixeira.

Só combatemos a desertificação aprendendo a conviver com o semiárido porque a seca não se combate, ela é um fenômeno cíclico. “Vamos continuar investindo em programas e projetos que visem às práticas de combate à desertificação e de convivência com a estiagem, esse prêmio é um estímulo a mais” frisou Mairton França.

Adauto Teixeira ressaltou que o projeto já foi concluído, no tocante à parte do financiamento pelo Banco Mundial, mas as atividades de assistência técnica e monitoramento ainda estão sendo realizadas pela Semarh.

O Projeto de Recuperação da Microbacia Hidrográfica do Rio Cobra teve como objetivo promover o desenvolvimento rural sustentável, através de práticas hidroambientais e de conservação dos solos, através da implantação de barragens subterrâneas e renques assoreadores, para desaceleração dos processos erosivos e estímulo à recuperação de áreas degradadas, assim como, a disponibilidade hídrica e sua respectiva gestão nos períodos de estiagem.

A microbacia do Rio da Cobra pertence à região semiárida do Seridó, Área Susceptível à Desertificação (ASR). O projeto beneficiou centenas de agricultores que têm suas atividades agropecuárias desenvolvidas na calha do rio e seus afluentes, nas comunidades Cachoeira, Joazeiro, Santo Antônio da Cobra, Boa Vista no município de Parelhas e Lajedo em Carnaúba dos Dantas. De acordo com Francisco Campelo, Coordenador do Programa Nacional de Combate à Desertificação, do Ministério do meio Ambiente, esta terceira edição do Dryland Champions premiou 31 projetos do Semiárido nordestino e do Norte de Minas Gerais na área de combate à desertificação e preservação ambiental.

PROGRAMA SEMIÁRIDO POTIGUAR

Desenvolvido por meio de um empréstimo do Banco Mundial para o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através da SEMARH, o PSP desenvolveu diversas ações no âmbito de gestão das águas, com destaque para a ampliação de sistemas adutores, realização de estudos hidrogeológicos de aquíferos subterrâneos, recuperação de açudes, projetos pilotos com o uso de práticas ambientais, apoio à implantação e gestão de comitês de bacia, atividades de educação ambiental e implantação de novos sistemas de abastecimento de água em pequenas comunidades rurais.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!