Quais são os riscos do calçado errado para as crianças?

Após aprender a dar os primeiros passos, as crianças já começam a escolher os sapatos para usar, especialmente se estiverem na moda. Em contrapartida, acabam ignorando a questão de que o calçado inadequado, além de causar dor, pode afetar o desenvolvimento de seu andar.

Uma criança que utiliza um calçado errado pode ter problemas de coluna ou bolhas nos pés. Em alguns casos, pode vir a desenvolver o neuroma de Morton, uma lesão que ocorre em um nervo do pé, mais especificamente no nervo que passa entre o terceiro e o quarto dedo. Isso ocorre quando são usados sapatos com salto alto, aqueles que são muito apertados ou mal-encaixados, pois tendem a colocar uma pressão extra nos dedos dos pés.

Alguns pais acabam optando por adquirir um número de calçado maior, mas a numeração não deve ser pequena nem grande demais: o correto é que ele se ajuste perfeitamente para permitir a transpiração natural dos pés.

Tênis infantil para o dia a dia

As crianças são cheias de energia e tendem a correr e brincar o tempo todo. Sendo assim, o calçado infantil precisa garantir a estabilidade dos pés, além do conforto. Os tênis infantis são os tipos de calçados mais adequados para o dia a dia, visto que são desenvolvidos com amortecedores, para, assim, neutralizar o impacto dos pés no chão.

Até os 7 anos de idade, definimos a maneira de andar; portanto, os calçados não podem prejudicar esse processo. Dentre os diferentes tipos de calçados infantis, o correto seria utilizar aqueles em formato anatômico, visto que se adaptam facilmente aos pés e ainda permitem o seu desenvolvimento.

Como escolher o calçado ideal

Antes dos 7 anos de idade, é preciso evitar sapatos feitos no modelo de tamancos, pois eles não prendem totalmente os pés, ou seja, podem dificultar a pisada da criança e ainda provocar escorregões. Os calçados com salto acima de 3 centímetros devem ser evitados também, assim como os de salto alto do tipo plataforma ou fino.

Veja abaixo algumas dicas de como escolher o calçado ideal para a criançada:

  • Observe se ele dá firmeza aos pés, assim como os tênis e as sandálias.
  • Evite aqueles que são fabricados com excesso de material plástico.
  • Não permita que o encanto do personagem estampado seja maior do que o conforto.
  • Não compre pares com numeração maior para aproveitar por mais tempo, pois a sobra de espaço pode levar ao desequilíbrio e a quedas.
  • Se tiver salto, certifique-se de que seja de no máximo 2 centímetros e que ocupe toda a largura do calcanhar, acomodando de maneira confortável o pé.

Antes de adquiri-lo, perceba se o sapato atende a todas as recomendações dos especialistas. Mesmo podendo utilizar um salto até os 2 centímetros, os ortopedistas ainda deixam um alerta: o uso deve ser feito de forma moderada, para evitar possíveis problemas futuros.

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!