Home Notícias Mundo Promotoria turca pede prisão perpétua a jornalista opositor

Promotoria turca pede prisão perpétua a jornalista opositor

Promotoria turca pede prisão perpétua a jornalista opositor
0

(ANSA) – A Promotoria da Turquia pediu prisão perpétua ao diretor do jornal opositor Cumhuriyet, Can Dundar, que foi ameaçado pelo presidente Recep Tayyip Erdogan após publicar, na última sexta-feira (29), fotos de armas destinadas a grupos islâmicos na Síria a bordo de caminhões escoltados pelo serviço secreto.

O mandatário disse ao jornalista que ele pagaria um “preço caro” pelas revelações, as quais geraram mal-estar ao governo de Ancara, acusado constantemente de apoiar organizações jihadistas na Síria. As imagens publicadas pelo jornal foram tiradas em janeiro de 2014 por militares que haviam feito uma inspeção nos caminhões escoltados pelo MIT. Na ocasião, o governo negou que os veículos levavam armas e afirmou que o carregamento era de “ajuda humanitária”.

Os militares que participaram da inspeção chegaram a ser presos e condenados por espionagem. Na sexta-feira, após a veiculação das fotos, o próprio presidente turco apresentou uma denúncia penal contra Dundar, também por espionagem. O ataque de Erdogan ao jornalista gerou polêmica no país e despertou uma onda de solidariedade a Dundar. Ontem (2), vários veículos de imprensa estamparam um apelo na primeira página de suas edições. “A democracia não pode ser sacrificada”, disse o prêmio Nobel Orhan Pamuk, expressando seu apoio ao diretor do jornal.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!