Procuradoria denuncia Cristiano Ronaldo por fraude fiscal

Jogador português teria sonegado e desviado 14 milhões de euros

O astro português do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, foi formalmente denunciado por suposta fraude fiscal e crimes econômicos, informou a imprensa espanhola nesta terça-feira (13). Ronaldo é acusado pela Promotoria de Madri de cometer quatro crimes fiscais e de não ter pago ao fisco 14 milhões de euros entre 2011 e 2014, de acordo com o diário “El Mundo”.

No mês passado, o Tribunal Supremo da Espanha confirmou a condenação a 21 meses de prisão ao craque argentino Lionel Messi, do Barcelona, por também cometer fraude fiscal de 4,1 milhões de euros entre 2007 e 2009.

Numa declaração enviada ao tribunal de instrução de Alarcón, em Madrid, o Ministério Público cita a recente sentença do Supremo Tribunal contra Lionel Messi, do Barcelona, e escreve que Ronaldo aproveitou-se de uma sociedade criada em 2010 para ocultar ao fisco as receitas geradas em Espanha pelos seus direitos de imagem, algo que supõe um incumprimento “voluntário” e “consciente” das suas obrigações fiscais em Espanha.

Do Portal N10 Com Agência ANSA

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!