Presidente do TJ autoriza contratação de 259 novos estagiários

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, autorizou novo processo seletivo para a contratação de mais 259 estagiários. A seleção será feita pela Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn) e a previsão é de que nas próximas semanas o edital para o processo seja lançado. Além disso, a expectativa é de em até 60 dias, os aprovados já estejam trabalhando.

Este ano, o TJRN colocou para atuar 349, dos 536 convocados para estágio. No momento de crise econômica e aumento da taxa de desemprego no país, a convocação de estagiários oferece a perspectiva real de um salário de R$ 774,00 para 20 horas semanais e R$ 1.113,80 para 30 horas por semana. Ao fim do novo processo, a ser deflagrado pela Esmarn, espera-se fechar o total de 608 estudantes contratados, superando a expectativa inicial de 500 pessoas.

“Este é um dos compromissos desta gestão, que abre a oportunidade para que estagiários de diversas áreas do conhecimento possam contribuir com o desenvolvimento da Justiça e a prestação de serviço ao cidadão”, observa o presidente do TJRN, desembargador Claudio Santos, entusiasta da medida desde o início de sua administração quando conclamou as universidades a ficarem atentas para a abertura dessas vagas para os futuros profissionais de diversos cursos de nível superior.

“Ganha o estudante e ganha o Judiciário, com a vinda dessas pessoas ávidas por aprender novos conhecimentos e obterem experiência, duas condições vitais para o bom desempenho no trabalho”, complementa o desembargador.

Para o curso de Direito, serão reservadas 206 vagas distribuídas assim: Natal, Grande Natal e Agreste(151), Mossoró(18) e Pau dos Ferros e Alto Oeste(13). Outras 53 vagas foram definidas para alunos de Administração, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Comunicação Social, Estatística, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social.

Esse novo processo seletivo vai incluir cadastro de reserva. Além disso, o TJRN convocou 30 estagiários conciliadores, das áreas de Direito e Psicologia, para atuação em Natal e Parnamirim. Eles foram convocados na semana passada e ainda estão se apresentando dentro do prazo.

A atual administração do TJ potiguar, em três convocações este ano, já chamou estagiários para atuação em unidades da Justiça Estadual, sendo : 457 de Direito, 8 de Administração, 3 de Biblioteconomia, 19 de Ciências Contábeis, 1 de Ciência da Computação, 5 de Comunicação Social, 5 de Estatística, 2 de Pedagogia, 16 de Psicologia e 17 de Serviço Social. Deste contingente, 349 assumiram as vagas abertas pelo TJRN.

O presidente Cláudio Santos enfatiza que a bolsa paga pelo TJRN é representativa e poderá ser importante para que os estudantes tenham condições de manter seus estudos. “É uma oportunidade de se aprimorar conhecimento e de se obter renda para ajudar a custear os estudos num momento tão crucial na economia do país, que reflete diretamente no desemprego”, reforça o presidente.

Com informações do TJRN*

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!