Home Empregos e Estágios Prefeitura de São José de Mipibu lança processo seletivo com vagas para Intérprete de Libras

Prefeitura de São José de Mipibu lança processo seletivo com vagas para Intérprete de Libras

Prefeitura de São José de Mipibu lança processo seletivo com vagas para Intérprete de Libras
0

A prefeitura municipal de São José de Mipibu torna público que estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo de Provas para a função de intérprete de libras.

DO PROCESSO SELETIVO

1. Dez vagas de cargo de intérprete temporário em regime celetista (Cadastro Reserva);
2. Nível Médio com proficiência em LIBRAS;
3. Inscrição Gratuita;
4. Jornada de 20 horas semanais;
5. Vencimentos de um salário mínimo (mensal)

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O processo seletivo destina-se a selecionar candidatos para contratação temporária de Intérpretes de Libras nas Unidades de Ensino da Rede Municipal. Em nenhuma hipótese haverá remanejamento entre as diferentes áreas de conhecimento, nem contratação de candidato fora da área de conhecimento para a qual optou concorrer.

A Seleção terá validade de 1 (um) ano a contar da data de publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período. A comissão para coordenar o Processo Seletivo será constituída por ato da Secretária Municipal de Educação.

DA INSCRIÇÃO

1. As inscrições serão gratuitas.
2. O Candidato fará a inscrição em formulário fornecido no local da inscrição, que deverá ser preenchido e assinado pelo próprio candidato.
3. Não serão aceitas inscrições por meio de terceiros (por procuração).
4. Local de Inscrição: Secretaria Municipal de Educação.
5. Período de divulgação do Edital: 24 a 26/02/2016
6. Período de Inscrição: 29/02/16 a 01/03/2016.
7. Horário de inscrição: das 08 às 12 h e das 14 às 17 h.

Serão documentos exigidos para efetivar a inscrição

Ficha de inscrição (retirar na Secretaria Municipal de Educação);
Fotocópia de CPF, RG ou Carteira de Habilitação,
Currículo Comprovado (original com fotocópia ou fotocópia autenticada);
Diploma de conclusão de nível médio e proficiência em LIBRAS;
Certificado de pós-graduação que habilite o professor para atuar na área;
Cursos de formação continuada na área de educação inclusiva (acima de 80 horas- a partir do ano de 2012);
Declaração de Tempo de Serviço, expedida por repartição pública federal, estadual ou municipal, da administração direta ou indireta, legalmente constituídas que comprove a experiência profissional
na área;
Curso de Informática Básica.

Para mais informações, confira AQUI o Edital 01/2016.

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!