Home Concurso Público Prefeitura de Natal reabre pregão para escolher empresa do concurso da saúde

Prefeitura de Natal reabre pregão para escolher empresa do concurso da saúde

Publicidade

Prefeitura de Natal reabre pregão para escolher empresa do concurso da saúde
Foto: Reprodução / Google imagens
0
Publicidade

A Prefeitura de Natal publicou no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (11) a reabertura do pregão eletrônico 24.001/2016 para escolha de empresa responsável por preparar o edital e organizar o concurso público da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A empresa escolhida será conhecida no dia 22/02, às 09h30. A seleção da empresa será concluída 167 dias após o prazo acordado com o Ministério Público, que estabelecia a data de 08 de setembro como prazo para a escolha.

A realização do concurso da Saúde foi aprovada pela Câmara dos Vereadores em 10 de julho de 2015, juntamente com o concurso para a Semtas (Secretaria de Assistência Social), cujas inscrições se encerram hoje. Mesmo com a assinatura de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) entre a Prefeitura e o Ministério Público, os prazos para o concurso foram desrespeitados. Partindo da data de autorização do concurso, o edital deveria ter sido entregue até 09 de outubro de 2015, com as provas ocorrendo em até 60 dias, em dezembro.

A Prefeitura não divulgou a previsão de data para o concurso, que foi autorizado com 1.339 cargos, sendo 754 de nível superior. No entanto, tudo indica que as provas não sejam realizadas antes de 60 dias. O atraso pode ampliar o déficit de pessoal e a crise no atendimento, pois existem contratos temporários de 2014 que se encerram em abril deste ano. Na ocasião, foram oferecidos 367 contratos de trabalho, de nível médio e superior.

“O concurso da saúde vem sendo adiado desde 2014, substituído por contratos temporários. Se continuar desse jeito, o processo pode atrasar de novo e os aprovados só serão chamados após as eleições”, afirma Célia Dantas, do Sindsaúde-RN.

O sindicato prepara um pedido de bloqueio de R$ 167 mil da verba de publicidade da Prefeitura, equivalente a R$ 1 mil por dia de atraso na realização do concurso, com a aplicação destes recursos no Fundo Municipal de Saúde. O Termo de Ajuste de Conduta (TAC) prevê uma multa de R$ 1 mil por cada prazo do cronograma que vier a ser descumprido.

Veja a publicação no Diário Oficial

Veja o Termo de Ajuste de Conduta

Com informações da Assessoria do Sindsaúde-RN

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!