Home Notícias Brasil RN Mossoró Prefeitura de Mossoró e estudantes entram em acordo

Prefeitura de Mossoró e estudantes entram em acordo

Publicidade

Prefeitura de Mossoró e estudantes entram em acordo
0
Publicidade

Após o prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, se reunir em dois momentos com a comissão de estudantes que reivindica melhorias no sistema de mobilidade urbana da cidade, o grupo decidiu, na tarde desta sexta-feira, 28, desocupar totalmente a sede do Poder Executivo municipal.

“Atendemos praticamente 90% dos pontos da pauta apresentada. Apesar de não termos chegado a um consenso quanto ao valor da tarifa do transporte coletivo, revogamos o decreto anterior e autorizamos a redução do valor para R$ 2,80 durante o contrato emergencial, em respeito à classe estudantil e aos movimentos sociais. Explicamos aos estudantes, detalhada e tecnicamente, os motivos que levaram ao reajuste”, frisou o prefeito.

O acordo, que reafirma o cumprimento de pontos da pauta apresentada, foi assinado no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência pelo prefeito Francisco José Júnior e por todos os membros da comissão de estudantes, na presença também dos membros de negociação da Prefeitura, formada por representantes das Secretarias de Mobilidade Urbana, Gabinete do Prefeito, Cultura, Meio Ambiente, Comunicação, Planejamento e Procuradoria-Geral.

O termo assinado estabelece, entre outros pontos, retorno da bilhetagem eletrônica no prazo de 30 dias; ampliação imediata da quantidade de bilhetes de meia passagem e do sistema de integração de linhas com as universidades, além de adequações nos horários de circulação das linhas que percorrem as instituições de ensino.

Parceria com os estudantes

Para Max Medeiros, integrante do Movimento Pau de Arara, o diálogo com o Município avançou e a presença da classe no acompanhamento das ações do Poder Executivo reforça esse avanço. “Foi um momento bonito da democracia direta, discussão colocada com muito respeito desde o início. Foi um ganho muito profundo para toda a Mossoró. Reconhecemos que houve avanços, principalmente na criação do Fórum de Mobilidade”, afirmou.

A formação do Fórum era um dos principais pontos da pauta dos estudantes. O órgão tem como pauta principal a criação e operacionalização do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana. A primeira reunião do Fórum já está agendada para a próxima quinta-feira, 3 de dezembro.

“Com essa mobilização, todos saíram ganhando, e o mais importante é que estamos estabelecendo uma parceria com os estudantes, a partir da criação de um Fórum e da participação mais ativa dessa classe no acompanhamento das ações do Município, como a construção de 48 novas paradas e o edital de licitação para a escolha da nova empresa que operará o sistema de transporte coletivo da cidade”, conclui Francisco José Júnior.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!