Home Notícias Universo Planeta parecido com a Terra emite “ruído” misterioso; sinais sugerem que ele seja habitável

Planeta parecido com a Terra emite “ruído” misterioso; sinais sugerem que ele seja habitável

Publicidade

Planeta parecido com a Terra emite “ruído” misterioso; sinais sugerem que ele seja habitável
Foto: Reprodução
0
Publicidade

Os astrônomos acreditam que sinais misteriosos – anteriormente atribuídos a explosões estelares – estão vindo de um planeta semelhante à Terra. O planeta Gliese 581 d tem condições capazes de sustentar vida, e é provável que seja um mundo rochoso com o dobro do tamanho da Terra.

Os sinais do planeta foram inicialmente descobertos em 2010, mas no ano passado os barulhos foram atribuídos a estrelas distantes. Agora, um novo estudo afirma que a pesquisa de 2014 foi baseada em “análises inadequadas de dados” e que o Gliese 581 d existe.

O planeta Gliese 581 d tem condições capazes de sustentar vida, e é provável que seja um mundo rochoso com o dobro do tamanho da Terra.
O planeta Gliese 581 d tem condições capazes de sustentar vida, e é provável que seja um mundo rochoso com o dobro do tamanho da Terra.

No ano passado, pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, disseram que o Gliese 581 d- e seu vizinho Gliese 581g – eram simplesmente um truque da luz causado por rajadas magnéticas de uma estrela local há 22 anos-luz de distância. A nova pesquisa britânica, no entanto, argumenta que o método utilizado pela equipe da Pensilvânia foi adequado apenas para grandes planetas, e que poderia perder os pequenos como GL 581 d.

O estudo, realizado pelo Queen Mary University, London and the University of Hertfordshire, afirma usar um modelo mais preciso sobre os dados existentes. “A existência (ou não) do GL 581 d é significativo porque foi o primeiro planeta semelhante à Terra descoberto na ‘zona cachinhos dourados’ em torno de outra estrela e é um caso de referência para a técnica Doppler”, disse o principal autor, o Dr. Guillem Anglada-Escudé.

Acredita-se que o GL 581 d é o primeiro planeta fora do nosso sistema solar na zona cachinhos dourados em torno de sua estrela – uma área não muito quente nem muito frio para a vida. Para encontrar o Gliese 581 d, os astrônomos da Universidade da Califórnia observaram originalmente as mudanças sutis na luz causadas pela gravidade de um planeta orbitando sobre a estrela. A força dos movimentos, acreditavam eles, mostrou que o planeta era cerca de três vezes a massa da Terra.

As informações são do Daily Mail.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!