Home Notícias Brasil RN A partir deste sábado (3), cerca de 300 policiais reforçarão a segurança no RN

A partir deste sábado (3), cerca de 300 policiais reforçarão a segurança no RN

Publicidade

A partir deste sábado (3), cerca de 300 policiais reforçarão a segurança no RN
Foto: Divulgação/PMRN
0
Publicidade

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar do RN, coronel Ângelo Dantas, o acréscimo no quadro de policiais se dará através do pagamento de diárias operacionais que, ainda segundo ele, foram garantidas pelo governador Robinson Faria. Sendo assim, a partir de hoje (3), o estado conta com mais 300 homens circulando pelas ruas para tentar melhorar a segurança pública. O novo comandante se reuniu ontem com os oficiais que respondem pelos batalhões responsáveis pelo policiamento em cada localidade e definiu este plano emergencial de atuação para os primeiros dias de sua gestão. As informações são do Novo Jornal.

O comando terá disponíveis as 300 diárias, porém elas só serão preenchidas se os policiais se voluntariarem. Entretanto, a corporação diz que, comumente, os PMs topam o serviço. Deste total, 175 serão destinados à Região Metropolitana de Natal e os demais para os principais polos do interior do estado. As medidas de segurança começaram pelos bairros do Alecrim e Cidade Alta que receberam diversos homens para fazer o Policiamento Preventivo Ostensivo (PPO). Uma reunião com os comandantes dos batalhões aconteceu na tarde de ontem, na sede do comando geral da PM. Após a conversa com os oficiais, o coronel Ângelo recebeu os órgãos de imprensa que aguardavam por novidades e afirmou o incremento no efetivo.

O novo comandante disse ainda que os 300 policiais militares a mais não têm data para saírem da rua. “Vamos sacudir o Rio Grande do Norte nos próximos dias”, brinca. A diária operacional é oferecida a policiais que se voluntariam a atuar nessas determinadas situações em que há necessidade de aumento do efetivo. O sistema é o mesmo utilizado em operações pontuais preparadas para festividades, como por exemplo, o carnaval. Para o reforço na segurança o custo da DO, como é chamada a diária entre os PMs, é de R$ 50. Levando em consideração esses 300 homens, chega-se ao montante de R$ 15 mil por dia, atingindo R$ 450 mil em 30 dias.

Segundo o jornal Tribuna do Norte, a secretária de Segurança Pública, delegada Kalina Leite, destaca a necessidade da volta de policiamento nas ruas, como uma das primeiras medidas a serem adotadas neste novo governo. O coronel Ângelo afirma que o incremento será utilizado para o policiamento ostensivo realizado a pé pelos policiais. A ideia é dar mais reforço também às áreas comerciais. Na capital, o comandante citou Alecrim, Cidade Alta e Petrópolis como bairros a serem beneficiados, em virtude da concentração de estabelecimentos comerciais nessas localidades. Ainda segundo confirmou o coronel Ângelo Dantas, haverá uma coletiva de imprensa no início da semana que vem, para que seja realizado um maior detalhamento das diretrizes do novo comando.

O novo comando ainda demonstra planos para mudar o processo de formação dos policiais militares que ingressarem na corporação nos próximos editais públicos. O plano do coronel Ângelo Dantas é incluir no curso de formação, já na fase final, uma parte prática, quando os policiais pretensos a ingressarem na PM iriam para o patrulhamento na rua e ajudando nas atividades diárias.

Publicidade

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!