Home Notícias Mundo Para conter imigrantes, Hungria fecha estação de trem

Para conter imigrantes, Hungria fecha estação de trem

Para conter imigrantes, Hungria fecha estação de trem
0

(ANSA) – A polícia da Hungria fechou nesta manhã (1) por uma hora a maior estação de trem da capital do país, em Budapeste, devido a tumultos provocados por milhares de imigrantes que tentavam viajar a outros países europeus, como Alemanha e Áustria. Após o fechamento da estação Keleti, a polícia reabriu o terminal, mas impediu que os estrangeiros tivessem acesso ao local.

Centenas de pessoas sentaram nas imediações da praça Baross para esperar a retomada dos serviços. “Queremos partir”, “Somos sírios” e “Alemanha, Alemanha” foram alguns dos jargões usados pelos imigrantes para protestar. A confusão prejudicou o serviço ferroviário, que sofreu atrasos na maioria de suas linhas nesta terça-feira. Ontem (31), cerca de 3,6 mil imigrantes e refugiados viajaram de trem até Viena, de acordo com a polícia austríaca. O fluxo de migração se acentuou nas últimas semanas na Hungria, já que o país concluiu há três dias a construção de uma barreira de arame farpado em 175 quilômetros de sua fronteira, como forma de impedir a travessia de milhares de estrangeiros pela rota balcânica rumo à Europa.

A Hungria é uma das principais rotas para refugiados do Oriente Médio e da África que fogem de conflitos armados e de situações de pobreza. Mais de 140 mil pessoas já cruzaram a fronteira do país com a Sérvia desde o início do ano. Apesar de possuir uma política de livre circulação de pessoas, a União Europeia (UE) exige que os imigrantes permaneçam no país onde solicitaram asilo. Devido à crise migratória, os países do bloco europeu convocaram para o próximo dia 14 de setembro uma reunião extraordinária.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!