Home Notícias Brasil RN Parnamirim Organizadores recorrem ao Tribunal de Justiça para continuar Festa do Boi

Organizadores recorrem ao Tribunal de Justiça para continuar Festa do Boi

Organizadores recorrem ao Tribunal de Justiça para continuar Festa do Boi
0

A Associação dos Criadores Norte Rio Grandense (Anorc) apresentou recurso nas primeiras horas desta segunda-feira (12) contra decisão do juiz Deyvis de Oliveira, de Parnamirim. No domingo (11), ele determinou a interdição do Parque Aristófanes Fernandes, suspendendo a Festa do Boi.

Caberá ao desembargador Cláudio Santos julgar o pedido da Anorc, que espera continuar tocando a programação da 53ª edição do evento. A expectativa é que até as 14h, Cláudio Santos tenha se manifestado sobre o assunto, evitando o cancelamento da programação, que, por enquanto, não foi desmarcada.

PROBLEMAS

O Corpo de Bombeiro recusou-se a emitir atestado de vistoria ao observar diferenças entre o que foi pensado no plano de arquitetura e o que foi executado. O principal ponto desse aspecto foi a central de gás, que ficou próxima das áreas de alimentação, o que é considerado um risco.

Além disso, o Ministério Público constatou que o Parque Aristófanes Fernandes também não tem atestado de vistoria. Para entender, mesmo que não sedie nenhum evento, o parque precisa ter permanente atestado. Ao sediar uma festa como a do Boi, emite-se nova autorização específica para ela.

No que diz respeito à estrutura do parque, o MP aponta que a estrutura física desrespeita à legislação sobre acessibilidade, por exemplo. Falhas nos dois aspectos, na festa e no parque, levaram o juiz de Parnamirim a determinar a suspensão do evento.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!