Home Agenda Cultural Novas narrativas literárias ao balanço do mar no VII Flipipa

Novas narrativas literárias ao balanço do mar no VII Flipipa

Novas narrativas literárias ao balanço do mar no VII Flipipa
0

A literatura volta a formar sua moldura imaginária e transformadora na paisagem da praia da Pipa. O mais antigo festival a aportar naquela faixa litorânea, o FLIPIPA, desembarca para sua 7ª edição entre os dias 10 e 13 de agosto, no espaço Pipa Open Air, entrada principal da Baía dos golfinhos.

O festival recebe mais de 40 nomes da literatura brasileira para debater sobre livros, ideias e memórias, e celebrar a história e a cultura popular do Rio Grande do Norte através da figura do intelectual e escritor Hélio Galvão (1916-1981). Em seu centenário de nascimento, o autor de “História da Fortaleza da Barra do Rio Grande” e da série “Cartas da Praia”, será lembrando por seus registros sobre o folclore potiguar, sobretudo as lendas, danças, tipos nativos e costumes da vida litorânea.

Entre os destaques da edição, o Flipipa recebe, pela primeira vez, o escritor potiguar radicado em São Paulo, Estevão Azevedo (sexta-feira, 20h), vencedor em 2015 do prestigiado Prêmio São Paulo de Literatura com o romance “Tempo de Espalhar Pedras”. E marca o retorno de dois grandes romancistas brasileiros: Ignácio de Loyola Brandão (Não Verás País nenhum, Veia Bailarina, Zero), recém agraciado com o Prêmio Machado de Assis pela ABL pelo conjunto da obra, que encerrará a noite de quinta-feira (11); e Cristovão Tezza (O Filho Eterno, O Professor, Breve Espaço entre cor e sombra), considerado um dos mais importantes nomes da literatura brasileira contemporânea. Tezza vai encerrar o Festival, com mesa literária marcada para dia 13, às 21h.

A biografia histórica terá uma atenção especial com a presença do escritor e jornalista Lira Neto (dia 12, às 21h), autor de consagradas biografias como a trilogia sobre Getúlio Vargas, tema que será abordado em sua palestra. Lira mergulha na história e desvenda a trajetória de um dos mais controversos e importantes políticos brasileiros, dos anos de formação à conquista do poder.

Mulheres escritoras e poesia anos 70

A programação noturna da sexta-feira (dia 12, 19h) na Tenda dos Autores será o encontro entre duas mulheres da literatura, as escritoras Marta Barcellos e Sheyla Smanioto Macedo. Vencedoras do Prêmio Sesc Literatura 2015 na categoria conto e romance respectivamente, elas abordarão o tema “Mulheres escritoras: literatura por mulheres e não só para mulheres”.

Outro nome em destaque é a quadrinista mineira Bianca, que ficou famosa com “As tirinhas de Ana Bollenna”. Aos 23 anos, um livro publicado e 320 mil seguidores nas redes sociais, Bianca ganhou fama ao criar tirinhas com conteúdo diverso, poético, romântico, empoderado, com uma forte identificação entre os leitores mais jovens. A mesa poética abrirá o sábado, às 19h, mas antes será exibido o documentário dirigido por Cláudio Lobato e Paola Vieira.

Quadrinhos, fantasia, cultura digital e sertão

A adaptação da literatura para os quadrinhos está em alta. E no Flipipa ela comparece como debate reunindo a roteirista e historiadora Milena Azevedo, o desenhista Leander Moura e o escritor Márcio Benjamin, para falar sobre a relação entre a literatura e as histórias em quadrinhos, abrindo uma discussão entre os termos “adaptação” e “releitura”, e enfocando a adaptação dos contos do livro Maldito Sertão, de Márcio Benjamin, pelo coletivo Quadro 9.

O experiente desenhista Geraldo Borges também marca presença na Tenda dos Autores (dia 11). Com 20 anos de carreira na área de quadrinhos, na última década produziu trabalhos para o mercado norte-americano na Marvel (Nova), Dark Horse (Ghost) e DC Comics (Superman, Batman, Mulher-Maravilha, Liga da Justiça, Aquaman, Lanterna Verde).

A pluralidade da cultura digital é representada por um artista polivalente: o ator, escritor, poeta e roteirista carioca Gregório Duvivier. Do time de sócios-fundadores do Porta dos Fundos, Duvivier é colunista da Folha e autor dos livros “A Partir de Amanhã eu Juro que a Vida Vai ser Agora”, “Ligue os Pontos – poemas de amor e big bang”, “Put Some Farofa”.

Na abertura da sexta-feira, o intelectual e estudioso da cultura sertaneja Oswaldo Lamartine (1919-2007) será revisitado em documentário dirigido pelo professor Humberto Hermenegildo.

A sessão da tarde/manhã na Tendas dos Escritores e no Espaço Sesc contará com programação voltada para estudantes do ensino médio e fundamental e também professores e público em geral. Estão programadas oficinas e palestras com Andrea Galvão, (“Memória e infância” e “Romances, segredos, mistérios e assombrações na praia de Hélio”), intervenções cênicas com Duda Freire (RN), Grupo Costurando Histórias (RJ)- espetáculo “A Peleja do Violeiro Magrilim com Jezebel”; Leituras com Alice Carvalho e Alexandre Camilo (RJ)- “Invenção de Palavra: Caminhos, Histórias e Escolhas”. Dílvia Ludvichak- SP apresenta “Luiz Lua, Gonzaga Estrela – O Rei do Baião”. E ainda Cordel Animado com Mariane Bigio (PE), contação de histórias com Bárbara Cristina (RN), intervenções cênicas de Gaudêncio e Paulinha (RN).

Du Souto, Alphorria, Café Quarteto e Sesi Big Band

O Flipipa terá uma pré-abertura na quarta-feira (10), com a programação do Assembleia Cultural Itinerante. No palco externo haverá programação de shows todos os dias, após os debates na tenda. De quarta a sábado se apresentam Café Quarteto, Sesi Big Band, Banda DuSouto e Alphorria.

Os encontros literários se dividirão entre a Tenda dos Autores, local climatizado com capacidade para 400 pessoas sentadas, e os espaços do Sesc Literatura (para crianças), Cooperativa Cultural da UFRN, estandes do Sebo Vermelho e Jovens Escribas, além da Cozinha Brasil do SESI, biblioteca móvel do Sesc-BiblioSesc, área de convivência. O local será o espaço Pipa Open Air, na rua Baía dos Golfinhos e conta com estacionamento próprio.

Confira toda a programação no www.flipipa.com.br

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!