Home Notícias Esporte Natal volta a sediar etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia a partir desta sexta

Natal volta a sediar etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia a partir desta sexta

Publicidade

Natal volta a sediar etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia a partir desta sexta
Foto: Divulgação
0
Publicidade

A cidade do sol volta a sediar uma etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia a partir desta sexta-feira (19), na Arena da Praia do Forte. A capital recebe a sétima etapa do torneio nacional promovido pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e Banco do Brasil.

Os primeiros jogos começam às 9h, com duelos tanto do feminino como masculino nas quatro quadras montadas para o circuito. A programação desta fase de grupos se estende até às 19h. No sábado (20), a partir das 10h, a disputa afunila para quartas de final e semifinal, também no feminino e masculino. Fechando a programação no domingo (21) acontecem as decisões a partir das 9h.

Com capacidade para 6 mil expectadores por dia, os jogos são abertos ao público. Serão 16 duplas masculinas e 16 femininas, incluindo os melhores atletas do país e que representarão o Brasil nas Olimpíadas Rio 2016. “Uma nova oportunidade que os natalenses terão de prestigiar mais um grande evento esportivo em Natal, fruto do trabalho da nossa gestão em colocar a cidade no roteiro das principais competições do país”, ressalta o secretário de Esporte e Lazer, Eduardo Machado.

A última vez que a cidade recebeu o Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia foi em 2014. Somado a ele, Natal já sediou etapas nacionais de vôlei de quadra, UFC e campeonatos brasileiros de diversas modalidades. Além de Natal, Niterói (RJ) e Fortaleza (CE) serão as cidades que sediarão o Circuito Brasileiro no primeiro semestre, e as melhores duplas do ranking ainda participarão do Torneio Superpraia, em João Pessoa (PB).

Publicidade

Rafael Nicácio Editor e repórter do Portal N10. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do RN) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN).
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!