Nas rodovias federais do RN, sete pessoas morreram durante feriado prolongado

O feriadão desse último final de semana, que emendou o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, e o dia das crianças, terminou com sete mortes nas estradas federais do Rio Grande do Norte. Segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o resultado foi igual ao registrado no feriado de 7 de setembro. Na grande maioria dos casos, os acidentes fatais aconteceram por imprudência dos motoristas.

No total, 23 acidentes foram registrados entre o sábado (10) e a segunda-feira (12). A maioria das mortes, cinco delas, ocorreram na BR-304, a mais violenta do ano no Rio Grande do Norte. As mortes aconteceram em Mossoró, Lajes, Assu e Santa Maria. As duas outras mortes ocorreram em Patu e Acari. Além dos sete mortos, 26 pessoas ficaram feridas no feriadão.

A PRF também fez quatro prisões na segunda (12) durante um protesto em frente ao Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, na Grande Natal. O público que não conseguiu entrar no local da Festa do Boi fez uma manifestação e fechou os dois lados da BR-101.

Duas pessoas foram detidas por desacatar policiais rodoviárias federais, um motorista foi flagrado dirigindo embriagado e outro homem foi preso por ter um mandado em aberto por estupro. No total a PRF realizou mais de 700 testes de bafômetro e prendeu 23 pessoas por embriaguez ao volante.

Com informações do G1 RN 

você pode gostar também

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!